Com requerimento do Deputado Alexandre Valle, deputados irão fiscalizar complexo portuário de Itaguaí - Com visita técnica ao Porto de Itaguai, Porto Sudeste, Instalações do PROSUB e em especial visita dos parlamentares ao Vilar do Coqueiros

Deputados federais irão a Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, para verificar as condições de operação do complexo portuár...

Deputados federais irão a Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, para verificar as condições de operação do complexo portuário e das instalações do Programa de Desenvolvimento de Submarinos da Marinha do Brasil (Prosub). A Comissão de Viação e Transportes da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (9), a realização de visita técnica ao Porto do Itaguaí, Porto Sudeste, Prosub, além do Vilar dos Coqueiros, área da Companhia Docas que foi invadida por mais de 2.000 famílias.

A proposta do deputado federal Alexandre Valle (PRP-RJ), através do Requerimento 102/2015, ocorre no momento em que o contingenciamento de despesas por parte do Governo Federal afeta principalmente o Prosub, cuja responsabilidade é da Marinha, que já reduziu recursos para o programa responsável pela construção de submarinos convencionais e de propulsão nuclear.

Segundo Alexandre Valle, o Porto de Itaguaí necessita de reforma estrutural, além de intervenções periódicas como dragagem, visto que o assoreamento é um dos problemas que pode comprometer o faturamento. Outra questão urgente, na avaliação do parlamentar, é a situação das famílias do Vilar dos Coqueiros, que vivem sem condições de infraestrutura.

“O Vilar dos Coqueiros tornou-se um problema social, as famílias não tem acesso a saneamento básico, falta iluminação, asfaltamento. É preciso legitimar o espaço já ocupado, para que o Poder Público possa proporcionar às pessoas todas as condições de infraestrutura necessárias”, explica Alexandre Valle.

O deputado, no entanto, alerta também para a necessidade de impedir mais ocupações na área. “Vilar dos Coqueiros fica na Zona de Apoio Logístico, então é fundamental evitar novas invasões, para que não seja prejudicada a implantação de empreendimentos industriais e comerciais, vinculados à atividade portuária”, conclui Alexandre Valle.

A data da visita técnica ao complexo portuário ainda será definida, assim como de uma mesa redonda para debater a situação do Porto do Itaguaí, Porto Sudeste, Prosub e Vilar dos Coqueiros.

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item