Prefeito de Itaguaí demite e corta salários para reduzir gastos (Jornal EXTRA)

Depois de criar mil vagas de estágio em julho e nomear mais de 70 comissionados de uma só vez, o prefeito de Itaguaí, Wesley Pereira, co...

Depois de criar mil vagas de estágio em julho e nomear mais de 70 comissionados de uma só vez, o prefeito de Itaguaí, Wesley Pereira, começou a apertar o cinto.

O moço reduziu em 30% o próprio salário, em 15% o dos secretários e em 10% o dos subsecretários. O pacote de medidas para reduzir os gastos do município foi anunciado nesta terça-feira (13).

Entre as 18 mudanças estão ainda o corte em 40% o valor total das gratificações de mérito dos servidores até novembro e a redução de 70% do Regime Especial de Trabalho (RET). O moço vai enviar ainda um novo Refis à Câmara e pedir antecipação dos royalties.

Enquanto Wesley anunciava os cortes, o Sindicato dos Trabalhadores da Saúde, do Trabalho e da Previdência Social (Sindisprev) e servidores de outras categorias protestavam em frente à prefeitura.
Em ofício, a direção do sindicato pede o prefeito a imediata reversão de todas as 88 demissões do Hospital Municipal São Francisco Xavier.

“O ajuste fiscal não pode ser argumento para expor profissionais a condições indignas, insalubres e de alta periculosidade, com risco de ações de imperícia causada pela sobrecarga desumana de trabalho”, diz o comunicado do Sindisprev.

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item