Primeira Plenária dos vereadores de Itaguaí

Jornal Atual, 06 de fevereiro de 2009. Tiveram que apelar ao juiz POLÍTICA: EMBATE NO LEGISLATIVO Foi recheada ...

Jornal Atual, 06 de fevereiro de 2009.

Tiveram que apelar ao juiz

POLÍTICA: EMBATE NO LEGISLATIVO

Foi recheada de confusão a primeira sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaguaí, nesta terça-feira (3). O juiz da comarca do município, Rafael de Oliveira Fonseca, emitiu uma liminar, pedido pelo vereador Jorginho Charlinho, da bancada do prefeito, para garantir o controle do grupo ‘charlista’ nas Comissões Permanentes mais importantes, deixando de fora parlamentares que ocupam a Mesa Diretora. A decisão judicial revoltou o presidente da Câmara, Vicente Rocha.

"Respeito o juiz, mas ele não respeitou um poder instituído. Ele não consultou essa casa", afirmou Vicente, antes de encerrar a sessão, sem que fosse votada a eleição das Comissões Permanentes da Casa, o que gerou protestos dos ‘charlistas’, que queriam garantir a eleição da chapa que lhes era conveniente, o que aconteceria já que a outra chapa estaria impedida de concorrer às Comissões com a liminar.

A queda de braço entre os vereadores tem como pano de fundo a oposição ao prefeito Carlo Busatto Junior, o Charlinho. Um bloco parlamentar integrado por aliados do prefeito, que é minoria, com cinco vereadores, chegou a ser formalizado na Câmara, sob a presidência de Carlos Kifer, tendo Beto da Reta como vice-presidente. "Somos um bloco independente, que vai tratar apenas do Regimento Interno da casa", despista Carlos Kifer. "Com toda certeza, por ser um bloco de partidos que apoiam o prefeito, os vereadores do DEM e do PV podem enfrentar sérios problemas", diz o vereador Toni Coelho, confirmando o racha.

O que era consenso virou disputa política

Em legislaturas passadas, era consensual que integrantes da Mesa Diretora ocupassem e, até mesmo, presidissem algumas Comissões. Mas desde que houve um racha entre vereadores pró e contrários a Charlinho, estes cargos passaram a ganhar relevante importância. Só que a bancada ‘charlista’ escolheu justamente as comissões mais importantes da Casa: Orçamento (que analisa as contas da Prefeitura), Constituição e Justiça (que decide se um projeto pode ser votado ou não), Educação (há várias críticas à qualidade de ensino), Saúde (são muitas as denúncias contra o Hospital São Francisco Xavier) e Meio Ambiente.

A estratégia dos ‘charlistas’ em garantir a presidência das comissões partiu justamente do mandado de segurança. Só que, de acordo com a Procuradoria da Câmara, apenas um dos artigos foi enviado para análise do juiz Rafael de Oliveira Fonseca, que emitiu a liminar. "Só foi apresentado o artigo, o que proíbe integrantes da Mesa Diretora de presidirem comissões. Mas não enviaram outro artigo, que obriga os parlamentares a participar de, pelo menos, duas comissões. Há um conflito no Regimento Interno", disse Ademílson Costa, um dos procuradores da Casa, que defende ser prerrogativa do presidente da Câmara a decisão nos casos conflitantes, inclusive do próprio regimento interno.

Notícias Relacionadas

Sessões da Câmara 2628070928367388429

Postar um comentário

  1. CADE O JORNAL ATUAL
    ESTAVA COM A CORDA TODA
    TÁ COM MEDO DE QUE.....
    O PREFEITO É BONZINHO, CADE AS MANCHETES QUE O POVO PROCURAVA NAS BANCAS CUIDADO PRA NÃO VIRAR A REVISTA DA ANA MARIA BRAGA OU TI TI TI

    ResponderExcluir
  2. O Jornal Atual é tão imparcial quanto o Jornal Impacto.

    ResponderExcluir
  3. Leia os dois, um de cadavez, que você vai entender.

    ResponderExcluir
  4. O Pastor Aramis é mesmo um gênio, o homem conhece tudo sobre a política e principalmente sobre a prefeitura. Pois usa sua coluna semanalmente para extravasar seu conhecimento. Pena que na ultima eleição ele não se candidatou, pois seria o melhor político da nossa cidade, ou do estado, ou quêm sabe do país.
    Falar é fácil, o Lulla ficou a sua vida toda falando mal de todos os governantes, no entanto quando assmiu o governo, provou que era igual ou muito piór que todos os que ele sempre criticou.
    Então o Pastor deveria usar o seu espaço para falar mais de DEUS, que acredito que seja sua missão, ou então deveria se candidatar a um cargo político. Aí sim eu queria ver!!!

    ResponderExcluir
  5. MEDIADOR.DE CHARLES
    ACHO QUE VC CONHECE A VIDA DELE, MEU CARO AMIGO, ACHO EU INDEPENDENTE DELE SER UM PASTOR EVANGÉLICO, ELE TEM O DIREITO DE EXPRESSAR O SEU PONTO DE VISTA, EM RESPEITO A CIDADE AFINAL ELE É UM CIDADÃO DA CIDADE JOGOU A SUAS BOLA DE GUDES NO SOLO DESSA CIDADE TEM HISTÓRA.
    QUANTO A FALAR UM POUCO + DE DEUS VAI NA SUA IGREJA E TENTA E ACOMPANHA O SEU MINISTÉRIO PRA VER SE VC PASSA A CONHECE-LO MELHOR.

    QUERO VER VC COLOCAR A CARA IGUAL A ELE...

    SE TODOS PENSAR IGUAL A VC, A CIDADE A CIDADE VAI MORRER SUFOCADA...
    ASS. PROFESSOR

    ResponderExcluir
  6. Professor, o que eu quero dizer é que: alguem com tanto conhecimento e tanta vontade de ver a coisa acontecer de forma transparente deveria "sim" se candidatar, pois é de pessoas assim que estamos precisando na política. Quando comecei a ler sua coluna eu confesso que o admirava muito, mas com o tempo eu percebi que o problema dele era pessoal, só críticas e mais críticas e nenhuma solução.
    Imagine só se o povo entrasse na pilha dele, na ultima eleição ia dá Bené na cabeça, aí sim ele e teria que ter uma coluna diária,só pra meter o cacete no executivo.
    Se bem que com o Bené o bicho pega, não é mesmo professor,rsrsrsrs

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item