Charlinho responde com ironia a requerimentos da Câmara

Jornal Atual, 31 de março de 2009. A ironia como resposta A relação conturbada entre o presidente da Câmara de Vereadores de Itaguaí, Vice...

Jornal Atual, 31 de março de 2009.

A ironia como resposta

A relação conturbada entre o presidente da Câmara de Vereadores de Itaguaí, Vicente Rocha e o prefeito Charlinho chegou mesmo até aos ofícios – documentos técnicos em que um órgão faz ao outro solicitando informações. Num deles, do dia 18 deste mês (GP, de Gabinete do Prefeito, n. 118/2009) enviado a Vicente Rocha – e obtido com exclusividade pelo ATUAL – Charlinho alega que não poderá prestar contas à Câmara de Vereadores e responder sobre licitações, concorrências públicas, desapropriações ou gastos da Prefeitura entre 2005 e 2008 porque “teriam que ser extraídas milhares de cópias para o envio ao Legislativo, certamente remetidas através de containeres (sic)”.

Diz ainda o ofício assinado pelo prefeito e pelo chefe de Protocolo e Arquivo, Carlos Aurélio da Costa Lopes, que a Câmara de Vereadores não teria espaço físico para armazenar tantos volumes de documentos. Sustentando a tese de que os requerimentos aprovados na Câmara seriam uma ameaça, Charlinho escreve no ofício que “nada tem a temer, até porque todos os processos de nossa responsabilidade sempre estiveram à disposição do Tribunal de Contas do Estado, do Ministério Público e da própria Câmara”.
A resposta de Charlinho se deu depois que os vereadores aprovaram no início do mês os requerimentos que pedem informações como licitações, concorrências públicas e gastos da Prefeitura entre 2005 e 2008.
O prefeito alegou ainda que não poderia ceder os documentos aos vereadores porque “comprometeria a execução dos serviços rotineiros da Prefeitura, trazendo consequências ruins aos moradores”.

Vicente responde citando leis do município

O ofício de Charlinho foi respondido por Vicente Rocha nesta quarta-feira, através de outro ofício, também obtido com exclusividade pelo ATUAL. O presidente justifica os requerimentos aprovados pelos vereadores e solicitados ao prefeito citando dois processos de improbidade administrativa tramitando na Justiça contra o prefeito. Um deles com sentença condenando a Prefeitura em primeira instância. (ver matéria página 5)
Vicente Rocha cita artigos da Lei Orgânica (que rege o município), afirmando que é função do Legislativo é fiscalizar a contabilidade e o orçamento da Prefeitura e que secretários ou autoridades municipais podem ser enquadrados no crime de responsabilidade caso se recusem a responder dentro do prazo, neste caso 30 dias.
Sobre a ironia dos contêineres, Vicente responde diretamente ao prefeito Charlinho:
“V. Exa. Fique tranqüilo, desde que a documentação nos seja enviada na íntegra, é só comunicar o dia e hora da chegada dos mesmos que disponibilizaremos espaço para recebê-los”

Postar um comentário

  1. Que vergonha desse prefeito! Se não tem nada a temer, por que apresentar justificativas absurdas para não apresentar os documentos? No fim das contas isso tudo pra mim é teatro dos dois lados.

    ResponderExcluir
  2. Bravo anônimo!!!
    Pois se fossem os o novos vereadores que estivessem questionando as contas no período de 2005-2008, dava até pra entender. Mas aondes estavam estes veradores neste periodo que não viram o desgoverno do executivo?
    O grande erro foi não ter oposição no ultimo mandato, agora meu amigo, se abrir a caixa vai respingar M.... em todos eles.
    E espero que seja bastante M....

    ResponderExcluir
  3. Mesmo que a PMI entregasse o que foi requerido... e os vereadores descobrissem altas irregularidades... abrissem um processo contra o Prefeito... a JUSTIÇA como sempre, daria todas as condições para que o prefeito fosse até o final do seu mandato no poder.

    A Justiça é lenta... os políticos sabem disso.

    O que os da "Oposição" fizeram se chama posicionamento político, mostrando que eles estarão em cima agora... ou não...

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item