Política e internet: Deputados já receberam mais de 14 milhões de e-mails em 2009

Retirado do Blog Perspectiva Política em 14 de novembro de 2009. Informa o Globo: “A pressão de entidades e cidadãos não se restringe mais ...

Retirado do Blog Perspectiva Política em 14 de novembro de 2009.
Informa o Globo:

“A pressão de entidades e cidadãos não se restringe mais aos corredores do Congresso e chega cada vez mais ao mundo virtual. Na Câmara, de janeiro até 28 de outubro, os 513 deputados receberam 14.044.156 e-mails pelo sistema Fale com o deputado , um aumento de 17,6% em relação a todo o ano de 2008, quando foram enviados 11.567.198 mensagens.

No Senado, em 2009, foram enviadas 586.325 mensagens aos 81 parlamentares pelo Alô Senado via internet, contras as 418.189 enviadas por telefone. Já em 2008 a proporção se inverteu: foram contabilizadas 408.585 mensagens enviadas por telefone e 290.755 pela web.

Segundo dados da Câmara, o presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), é o deputado que mais recebeu e-mails neste ano, 37.241 até outubro. De acordo com sua assessoria, Temer recebe de 500 a mil e-mails por dia, mas em períodos de votação de projetos polêmicos a média diária pode chegar a 6 mil. O reajuste dos aposentados, a redução jornada de trabalho dos enfermeiros e a PEC dos Cartórios foram os temas mais recorrentes nos últimos e-mails. “

Ótima notícia. Pressionemos mais, mais e mais.

A internet é um meio fácil, rápido, simples e barato de informarmos aos parlamentares nacionais a respeito de qual é a nossa opinião sobre os temas que estão sendo discutidos no Congresso.

É claro que as audiências públicas são o método mais comum de o Parlamento brasileiro ouvir a sociedade, porém, a internet diminui os espaços, encurta as distâncias, possibilitando que não precisemos nos deslocar até Brasília para que os políticos saibam o que queremos.

A internet pode, e deve, ser utilizada como instrumento do fomento da democracia, da cidadania, do civismo e, também, do republicanismo. O Perspectiva Política, aliás, busca fazer sua parte e foi criado, justamente, por conta de este blogueiro que vos fala ter consciência dessa necessidade/possibilidade.

Os políticos podem escolher entre ler ou não seus e-mails, porém, com certeza será olhado com mais carinho um tema que for alvo de milhares e milhares de e-mails de diferentes eleitores.

Continuemos enviando e-mails. Nossa atuação real é importantíssima, mas nossa atuação virtual não deve ser menosprezada. Que as estatísticas tenham números ainda maiores no ano que vem.

Sendo assim, seguem os links das páginas que contêm os endereços eletrônicos através dos quais podemos nos comunicar com os gabinetes parlamentares:

- Câmara dos Deputados: http://www2.camara.gov.br/internet/popular/falecomdeputado.html/

- Senado Federal: http://www.senado.gov.br/sf/senado/centralderelacionamento/sepop/?page=alo_sugestoes&area=alosenado

Cobremos!

Nota do Blog Política de Itaguaí: E Em Itaguaí, os políticos da cidade respondem aos seus e-mails, caso já tenha enviado algum?

Postar um comentário

  1. "Onde existe uma vontade, existe um caminho." (Bernard Shaw)

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Itaguaí, a maioria dos vereadores tem seu e-mail fornecido pela Câmara mas eu já percebi que eles não leem.

    Lembrem "Quem não se adapta a nova realidade acaba sendo eliminado do jogo."

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item