Vereadores de Itaguaí aprovam o Orçamento para 2010

Jornal Atual, 13 de novembro de 2009. Confirmando a página virada dos momentos iniciais da atual legislatura da Câmara Municipal de Itagua...


Jornal Atual, 13 de novembro de 2009.

Confirmando a página virada dos momentos iniciais da atual legislatura da Câmara Municipal de Itaguaí, em que as relações entre parte dos vereadores e o prefeito careciam de maior harmonia, a casa não apenas aprovou a lei que estima receita e fixa despesas para o exercício de 2010, como também abriu mão de indicar emendas, deixando as prioridades a critério do prefeito Carlo Busatto Júnior. “É uma demonstração de aprovação ao trabalho do prefeito e da união dos próprios vereadores”, analisou o vereador Márcio Pinto. “Não sou o Marcio Pinto, mas sou o Beto pinto no lixo”, brincou Beto da Reta, demonstrando contentamento com o fato de o prefeito ter transformado em obras indicações que apresentou no Legislativo.

Pela lei, aprovada na sessão de terça-feira (10), o Orçamento da Prefeitura de Itaguaí para 2010 está estimado em R$ 307.500.390,00. Para a Educação estão reservados os maiores recursos, cerca de R$ 90 milhões, seguido de Obras, com aproximados R$ 62 milhões, e Saúde, que vai receber aproximadamente R$ 55 milhões (veja principais prioridade no quadro acima). Os vereadores também deram sinal verde à renovação, por quatro anos, de contratos de servidores administrativos da prefeitura.

Siderúrgica na berlinda

A informação de que a Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) vai aumentar em cerca de 76% o lançamento de gases de efeito estufa na atmosfera, divulgada pela imprensa, foi abordada na sessão. “Itaguaí é que vai sofrer. O município deve entrar nessa questão para ver em que grau será essa poluição”, discursou o vereador Márcio Pinto. Já o vereador Nisan apontou outros complicadores. Ele denunciou que além de o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) do empreendimento não ser claro, a legislação da cidade do Rio, onde está a indústria, não contempla compensações ambientais. Nisan disse que vai cobrar do Instituto Estadual do Ambiente um debate público sobre o assunto e encaminhou ofício à Procuradoria do Município para saber que compensações foram exigidas. “Queremos também ouvir qual a posição da empresa”, disse. Já o vereador Beto da Reta vai além. Quer saber se o município arrecada imposto da siderúrgica.

Carlos Kifer, por sua vez, além de anunciar que vai solicitar a formação de uma comissão especial para analisar o assunto, lembrou que uma eventual solução para o problema pode ser trazida de fora do país. “Temos que ver as exigências que o governo alemão faz para liberar esse tipo de investimento lá e fazermos o mesmo aqui”, sentenciou.

Autor: RENATO REIS

Notícias Relacionadas

Sessões da Câmara 881053441874955933

Postar um comentário

  1. Alô Fabiano!
    Lembra de quando eu te falava que o G6 era só uma questão de $tempo$?
    O legislativo vive em "lua de mel" com o o executivo, aprova tudooooo!

    "Ideologia, eu tenho uma pra vender".

    ResponderExcluir
  2. Virou piada!!!! Eles alegavam que projetos mais robustos dependiam de verba e, na hora de votar o orçamento para o próximo ano o que acontece???? NADA!!!!! É brincadeira!!!!

    ResponderExcluir
  3. BOA NEUCI:$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
    É MUITO TRISTE SER COMPRADO DESSA FORMA, VAMOS TORCER PARA Q ALGUNS DESSA CORJA PERCA O MANDATO NAS PROXIMAS ELEIÇÕES...ESTÃO TUDO COM A ALMA VENDIDA PRO DIABO...INFELIZMENTE O HOMEM ESTA COM O $$$$$$$$ NA MÃO, E VCS VIRÃO O QUE SAIU NO GLOBO DE DOMINGO E SEGUNDA UMA HORA A CASA CAI.....

    ResponderExcluir
  4. EU VI
    ME PARECE QUE ESTÃO PAGANDO DE 200 A 10 MILHÕES PRA SE MANTER NO PODER
    O CERCO ESTA SENDO FECHADO.

    PROFESSOR

    ResponderExcluir
  5. Em 2008 o Blog postou o orçamento 2009.

    Comparemos:

    As dez maiores previsões de gastos:
    1º) Educação e Cultura - R$ 81.347.200
    2º) Saúde - R$ 53.073.000
    3º) Obras e Urbanismo - R$ 39.985.460
    4º) Administração - R$ 32.588.000
    5º) Itaprev - R$ 16.839.300
    6º) Câmara Municipal - R$ 13.383.847
    7º) Transportes - R$ 12.749.000
    8º) Finanças - R$ 5.965.000
    9º) Indústria, Turismo e Esporte - R$ 5.509.000
    10º) Assistência Social - R$ 3.966.000

    ResponderExcluir
  6. Percebo que a cidade vai ganhar um banho de obras...

    Se arrumarem a minha rua (Rio de Janeiro) aqui no Estrela do Céu ficarei feliz. Nem me atreveria a pedir asfalto... um simples choque de saneamento básico já vai estar ótimo.

    É muito estranho ver a cidade crescendo enquanto minha rua piorando...

    ResponderExcluir
  7. A justiça divina vai acertar as contas com todos os corruptos Neuci.

    Eu já sei que a Justiça dos Homens não funciona para essa situação.

    Um dia eles acertarão as contas... nós veremos...

    Eles não são como nós, que durmimos em PAZ.

    ResponderExcluir
  8. "A primeira idéia que uma criança precisa ter é a da diferença entre o bem e o mal. E a principal função do educador é cuidar para que ela não confunda o bem com a passividade e o mal com a atividade." (Maria Montessori)

    ResponderExcluir
  9. É sempre importante o debate, na questão do orçamento para 2010, qual seria na opinião dos comentaristas, o que deveria ser mudado dentro das prioridades que foram dadas para a educação, obras e saúde na nossa cidade, quais esclarecimentos sobre o orçamento devem ser prestados, estou a disposição, não é um favor e sim um dever pretendo em breve disponibilizar no meu site, o orçamento que foi aprovado.

    ResponderExcluir
  10. Professor Fabiano, você citou o orçamento aprovado para 2009. Agora que chegamos ao fim do ano, resta saber como foi - e se foi - gasto esse dinheiro. Os investimentos foram realmente realizados? Ou foram parar em outro "lugar"? Por acaso alguém vai fazer o prefeito prestar contas? Ou vai todo mundo continuar celebrando, como "Pintos no Lixo", a liberação de verbas?

    ResponderExcluir
  11. Prezado Ver. Marcio Pinto, para saber quais as prioridades o ideal seria a disponibilização do PPA, da LDO e da LOA. Os valores são legais, mas... Tomara que essa quantia garanta um melhor Hospital para a população, haja vista que o atendimento tem deixado a desejar com algumas histórias cabeludas!!! Quanto a educação tenho relatos de alunos analfabetos... Obras... que tenham um ritmo um pouco mais rápido, não ficando nessa novela da rodoviária e fora o desperdício que rolou por lá!!! E, gostaria, especificamente, de saber sobre a verba aplicada no esporte para o próximo ano.

    ResponderExcluir
  12. Bancando o Alienista:

    "Não tenho medo das palavras dos violentos, e sim do silêncio dos honestos".

    Por: Martin Luther King.

    ResponderExcluir
  13. Olá Vereador Márcio Pinto,

    Teria como o senhor disponibilizar para o Blog esses dados solicitados pelos comentaristas (estou num PC sem interrogação).

    Os amigos que criaram o blog sempre foram a favor de maior transparência nas contas da cidade.
    Chegou a hora de levantarmos essa bandeira, aproveitando que levantaram esse debate.

    Vamos em breve montar um texto com as bandeiras do BLOG.

    ResponderExcluir
  14. São vários comentários importantes e começarei a responde-los na próxima semana, a respeito do orçamento de 2009 como foi gasto no próximo ano são enviadas para a Câmara Municipal a tomada de contas do Poder Executivo que fica a disposição do cidadão para poder tirar suas duvidas de como foi gasto os recursos da nossa cidade, avisarei ao Blog quando chegar, se for alguma coisa urgente posso dar a informação mas ela estará incompleta porque não terminamos ainda este ano.

    ResponderExcluir
  15. Estou perplexo com a ação dos vereadores da Cidade. Representante legal da população de Itaguai, vereadores são totalmente corruptiveis, se não o fosse, estariam preparados para resolverem a questão dos gastos municípais na coletividade.Espero que a população tenha consciência do lastimável fato, organizando-se para colocar para fora a corja de corrompidos que assolam a Câmara Municipal de Itaguaí.

    Digo mais- O fato não pode ser notado como debate político. A cidade tem prioridades e os representantes não tem o direito de dar o aval em relação a receita municípal.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item