Museu da Corrupção

Por indicação do Neuci, o Blog Política de Itaguaí ajuda a divulgar esse museu que se torna importante ferramenta para conhecermos e refleti...

Por indicação do Neuci, o Blog Política de Itaguaí ajuda a divulgar esse museu que se torna importante ferramenta para conhecermos e refletirmos sobre a corrupção.

Recomendamos este site para visitação de todos aqueles que lutam por um país mais justo e sem corrupção.

Museu da Corrupção

Visitem!!!!

Postar um comentário

  1. Até o final do governo PTista este Museu vai ter que sofrer uma grande ampliação, pois eles sabem colecionar "escândalos", ai está mais um para coleção:

    Esquema desvia R$ 2 milhões da pasta do Min.Esporte.

    m dos carros-chefes do Ministério do Esporte, o programa Segundo Tempo transformou-se ontem em caso de polícia. Foram presas cinco pessoas acusadas de desviar R$ 1,99 milhão do total de R$ 2,9 milhões repassados a duas ONGs ligadas ao PC do B no DF.

    É a primeira vez que uma operação policial flagra desvio de verbas do programa criado para promover práticas esportivas com alunos no período em que estão fora da sala de aula. As investigações continuam e vão focar a pasta do Esporte. A polícia quer averiguar se houve falha na fiscalização e análise da prestação de contas.


    http://www1.folha.uol.com.br/folha/esporte/ult92u715448.shtml

    ResponderExcluir
  2. " Vou ler (o discurso) porque estou sendo multado todo dia e, se continuar, vou ter que trabalhar o resto da vida para pagar as multas "- disse Lula durante a 1ª Conferência Nacional de Educação.


    O Presidente está tratando o TSE como ele merece(com deboche), pois em um país sério Lula não teria sido multado, mas cassado. Pois à mais de 2 anos vem fazendo Campanha(antecipada), para sua candidata. E com o meu, o seu e o nosso dinheiro.

    E tem gente que ainda acha graça nisso...

    ResponderExcluir
  3. "O passado é lição para se meditar, não para reproduzir." (Mário de Andrade)

    ResponderExcluir
  4. Neuci,

    Se acontecer a tragédia de o Serra ser eleito presidente do Brasil, eu gostaria de saber o que será da sua vida após isso.

    Será que vc vai defender o PSDB e seus esquemões, que tanto querem voltar ao poder?

    Será que vc vai ganhar um cargo no Governo Federal?

    Será que vc vai sumir do blog?

    Mas para encontrar essas respostas, o Brasil perderia muito. Portanto, prefiro que o Brasil continue a crescer e o povo a melhorar de vida e que você continue a postar comentários de ataque ao PT.

    Vc realmente acha que a solução para o Brasil, seria um governo do PSDB?

    Não quero briga, só quero conversar sobre isso...

    ResponderExcluir
  5. Olá Fabiano!

    Pelo que eu me lembre, nós nunca brigamos, ao menos eu não, mas vamos lá:

    Eu não critico o PT pelo Governo que ele faz, mas sim pelo que ele não faz.Pois o governo que ele faz é mais "tucano" que o do FHC.

    Tudo que o PT e Lula criticou no governo FHC ele manteve, ou estou mentindo? Ex.:
    Foi contra o P.Real - manteve.
    Foi contra a L.R.Fiscal - manteve.
    Foi contra as privatizações - manteve.
    Foi contra a Lei do Petróleo - manteve.
    Foi contra o B.Família - e como manteve.
    foi contra o PROER - manteve e foi o que salvou os bancos na ultima crise.
    Foi contra a CPMF - manteve o quanto pode.
    Foi contra o Fator Previdenciário - manteve e luta contra o Sen. Paim-PT, para não acabar.
    Foi contra os Cartões Corporativos - e como manteve.
    Foi contra todo e qualquer tipo de corrupção em todos os governos - sem comentários.rs

    A grande diferença é que pro Lula apenas manter esta estrutura de governo, ele precisou triplicar o número de Ministérios e do funcionalismo em geral; em parte para acomodar os apadrinhados, mas a real é que faltou competência mesmo.

    Você não é burro, apaixonado, mas não burro. Tenta imaginar o Governo Lula sem propaganda, olhe pra vida real.Salário mínimo dobrou? E o custo de vida ?

    Quem é o "tucano", afinal de contas? Sou eu? Ou Lula?

    Lula deve sua popularidade a FHC, por mais irônico que seja.

    Lula foi o único político que deu certo por não cumprir suas promessas de campanha.E isso eu tenho que agradece-lo.

    Você me entende agora? Mas se não entender eu continuo gostando de você. Você é um cara legal!

    ResponderExcluir
  6. O abestalhado Reinaldo Azevedo não tem noção, e sofre de esquecimento oportunista e canalha diz ele: Com Serra, FHC e Itamar; com Dilma Collor e Sarney.

    Vamos refrescar a memória do Reinaldo Azevedo

    Com Serra: o DEM do Arruda, que seria seu vice se não estivesse preso, "vote em careca e leve dois," o Azeredo senador do PSDB, envolvido até o pescoço com o mensalão do PSDB, o Kassab 26% do DEM ameaçado de ser cassado. O Roberto Jefferson do PTB, aquele que foi cassado por não comprovar o mensalão, dos desvios do Correio, que disse para PF que recebeu dinheiro de Furnas através do Dimas Toledo na era FHC, que disse que recebeu dinheiro do PT para pagar dividas de campanha do seu partido , e não disse o que fez com dinheiro, e nem com quem dividiu. Serra conta com a quase cassada por corrupção no RS, Yeda Crucius, com o cassado Cássio Cunha Lima da PB, com o cassado Jackson Lago do Maranhão. Com o réu confesso de maracutais, corrupção no Senado, Arthur Virgílio. Conta também com o ACMinho do DEM, aquele que disse que daria uma surra no presidente Lula. Concordo o Reinaldo não esqueceu do pior, FHC. Esse é o pior, afundou o Brasil, foi responsável pelo desemprego recorde, pelo apagão, pelas privatizações escusas, pela imensa miséria deixada no país. Como podem notar Serra está acompanhado do que há de pior na política brasileira. Serão eles seus ministro se por uma imensa desgraça o PSDB voltar ao poder? Socorro!!!

    Editado(a) por Jussara Seixas

    ResponderExcluir
  7. O Globo
    O Supremo Tribunal Federal (STF) vai determinar a quebra do sigilo bancário e fiscal do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG).

    A medida será tomada para instruir o chamado processo do mensalão mineiro, que investiga desvios de recursos públicos para financiar a campanha do tucano, que tentava a reeleição como governador de Minas Gerais, em 1998.

    Há duas semanas, foi publicada no Diário de Justiça a decisão do STF, de dezembro passado, de transformar o inquérito em ação penal.

    Com isso, ficou liberado o início das investigações. Uma das primeiras providências do relator, ministro Joaquim Barbosa, será ouvir o depoimento do tucano.

    Detalhes das finanças de Azeredo poderão ajudar a identificar seu suposto vínculo com Marcos Valério, apontado como operador de desvios de dinheiro de estatais do estado para, entre outros fins, abastecer a campanha do tucano.

    Além disso, podem mostrar a suposta participação do senador na lavagem de dinheiro. Azeredo alega que as contas de sua campanha não estavam sob sua responsabilidade. Ele também responde no STF por peculato (apropriação de bens públicos).

    Como o processo de Minas tem apenas um réu, a expectativa é de que o caso caminhe com mais celeridade. Azeredo terá direito a listar, no máximo, 16 testemunhas de defesa.

    Editado(a) por Jussara Seixas

    ´´VOTE EM UM CARECA E LEVE DOIS, PROPAGANDA ENGANOSA´´

    (SE VOTAR VAI FICAR NO PREJU)

    (UM E DA POLICIA FEDERAL)

    ResponderExcluir
  8. Valor Econômico: Gerson Carneiro Leão, de família tradicional de canavieiros de Pernambuco e presidente do Sindicato dos Cultivadores de Cana-de-Açúcar no Estado (Sindicape) há 24 anos, com um intervalo entre 2002 e 2004, é favorável ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e hoje representa até ex-sem-terra assentados. "Os assentados do MST estão todos plantando cana, são meus associados. Não tem outra coisa para plantar além da cana", diz Carneiro Leão, que também preside a comissão de cana da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O Sindicape tem hoje 14 mil associados, dos quais 7 mil são assentados rurais. "Há cinco anos, tínhamos 8 mil associados ao sindicato. Hoje, quase a metade do sindicato é de assentados do MST e de outros movimentos", diz o presidente da associação fundada em 1963 como Sindicato dos Empregadores na lavoura da cana de Pernambuco. "Dos meus associados, 90% vão votar no candidato do Lula, não importa o nome", prevê.
    Carneiro Leão avalia que o governo Lula fez política positiva aos fornecedores de cana, especialmente do Nordeste. "Foi negociada dívida e pudemos entrar no programa de preço mínimo do governo. E a ministra Dilma [Rousseff] nos deu uma subvenção que nos garante o preço de custo. Foi um recurso a fundo perdido."
    A subvenção aos plantadores de cana e usineiros no Nordeste e da região de Campos (RJ) foi cortada no governo Fernando Henrique Cardoso e retomada apenas aos fornecedores no atual governo. "Lula tem sido nosso garoto-propaganda, foi o melhor presidente nos últimos anos. O FHC foi um desastre, péssimo para nós", disse. O argumento é de que a produtividade nas duas regiões é menor e emprega mais pessoas em comparação ao Oeste de São Paulo, onde está concentrada a produção mais mecanizada e moderna da cana-de-açúcar no país. O cultivador diz que o subsídio de R$ 5 por tonelada de cana colhida não cobre todo o custo de produção, pois houve defasagem nos preços utilizados pelo governo. Em 2009, diz ele, o governo federal gastou R$ 90 milhões com a ajuda e diz que "somente um produtor de soja recebeu R$ 30 milhões do governo" em programa semelhante.
    Carneiro Leão se diz mais do que eleitor do governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos. "Sou cabo eleitoral dele", afirma, ressaltando programa de distribuição de fertilizantes aos pequenos e médios produtores no Estado. O setor também tem recebido financiamento do BNDES, do Banco do Nordeste e do Banco do Brasil.

    Editado(a) por TERROR DO NORDESTE

    ResponderExcluir
  9. O estudo “A cabeça do jornalista: opiniões e valores políticos dos jornalistas no Brasil” mostra que o governo Lula tem aprovação de 92% dos profissionais de imprensa. A pesquisa foi realizada com 212 jornalistas de mais de 70 veículos distribuídos em 42 municípios de 23 estados.

    Os entrevistados também avaliam que a imprensa faz uma cobertura justa do governo. Para 45% deles, a mídia é adequadamente crítica, contra 34% que a consideram complacente e 18%, crítica em excesso.

    O estudo também avaliou a percepção dos jornalistas sobre a atuação do Congresso Nacional: 73% dos pesquisados consideram o trabalho desenvolvido pelos parlamentares como ruim ou muito ruim.

    O levantamento avaliou o posicionamento político dos profissionais de imprensa do País. 52% declararam preferência pela esquerda ou centro-esquerda, contra 23% de centro e 12% de centro-direita ou direita. 13% preferiram não se posicionar.

    O pertencimento a partidos políticos também foi questionado. Dentre os pesquisados, apenas 15% declararam identificação com alguma legenda. Destes, 48% identificam-se com o PT, 25% com o PSDB. A lista segue com PC do B, PSol, PDT, PMDB e PV.

    Sobre a situação da imprensa, 74% dos pesquisados afirmaram que o jornalismo brasileiro está na direção correta. Entretanto, existem problemas a serem enfrentados. Os mais citados no estudo foram a baixa atenção dada a temas complexos, falta de contato dos jornalistas com seus públicos e a redução dos assuntos cobertos.

    A pesquisa foi publicada na revista Comunicação & Política volume 27 e está disponível aqui.

    Fonte: Comunique-se


    ´´ESTOU COM ELES,ABRAÇOS RAIZES´´

    ResponderExcluir
  10. EUA cedem e Brasil adia retaliação

    Propostas feitas pelo governo americano são provisórias, mas ampliam negociação e provocam adiamento das medidas para 22 de abril
    Renata Veríssimo, Fabíola Salvador - O Estado de S.Paulo

    BRASÍLIA
    A dois dias de iniciar o processo de retaliação contra os Estados Unidos, o Brasil decidiu prorrogá-las para 22 de abril, para ter mais tempo para negociar com o governo americano a retirada dos subsídios à produção e exportação de algodão. Esse prazo ainda pode ser dilatado por mais 60 dias se, nos próximos 16 dias, os EUA adotarem três medidas negociadas com o Itamaraty desde quinta-feira passada.

    As propostas são consideradas provisórias, mas podem ser base de uma solução definitiva na disputa aberta pelo Brasil na Organização Mundial do Comércio (OMC), que resultou no direito de retaliar os EUA em US$ 591 milhões em exportações de produtos americanos ao País e de US$ 238 milhões na área de propriedade intelectual.

    O Brasil nunca escondeu sua preferência por uma solução negociada, mas sem uma proposta concreta dos EUA para cumprir a determinação da OMC deu início ao processo de retaliação no fim de 2009. Uma lista com 102 itens que poderão ter sobretaxa nas importações americanas foi publicada no início de março e entraria em vigor amanhã.

    Medidas. Na quinta-feira, uma missão negociadora americana pediu para o Brasil adiar por 60 dias o início da retaliação, com a promessa de entregar até ontem propostas concretas de negociação. As medidas chegaram aos negociadores brasileiros no fim da manhã e estabelecem três frentes de ação. A primeira é a criação de um fundo de US$ 147,3 milhões anuais para projetos do setor do algodão brasileiro. A segunda é a retirada dos subsídios à garantia de crédito pelo governo americano às exportações de produtos agrícolas como o algodão. E, por fim, o reconhecimento, até 16 de abril, de Santa Catarina como área livre de febre aftosa sem vacinação, o que deve permitir ao Estado exportar carne suína aos EUA.

    O pedido de adiamento foi examinado no fim da tarde pela Câmara de Comércio Exterior (Camex). "Os ministros decidiram suspender a entrada em vigor da lista de retaliação de bens", anunciou a secretária executiva da Camex, Lytha Spíndola.

    Em nota à imprensa, o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, disse que, se as negociações até 21 de abril forem bem-sucedidas, existe a possibilidade de um "entendimento mais abrangente". O ministro advertiu, porém, que "qualquer entendimento que esteja aquém da plena implementação das determinações da OMC será, por definição, temporário".
    Matéria envida por:



    por Jussara Seixas.


    ´´BEM VINDOS AO PARTIDO DOS TRABALHADORES´´(13)

    ResponderExcluir
  11. O que seria dos "pseudo-intelectuais se não fosse o : copiar e colar...rs

    ResponderExcluir
  12. Olá Fabiano! em você eu confio!

    POR QUÊ QUE O PT(que é dono do monopólio da honestidade), BARROU O PROJETO FICHA LIMPA NA CÂMARA???????????

    ResponderExcluir
  13. ´´AI IRMÃO NEUCI, NO BLOG DA DILMA TEM CAFÉ NO BULÉ rs kkk !!!´´



    (abraços raizes)

    ResponderExcluir
  14. Caros Amigos: Quem prejudica o Brasil?
    quinta-feira, 8 de abril de 2010

    Na edição de abril, a revista Caros Amigos faz, por meio de várias reportagens, uma radiografia da direita brasileira. Já está nas bancas, comprem-na. Vale a pena. Fiquem com editorial. É uma mostra da edição.
    Editorial da Caros Amigos
    A direita brasileira continua muito atuante, tem uma agenda própria e articula ataques em várias frentes contra o que pode ameaçar seus interesses. O oligopólio da mídia neoliberal-burguesa expressa exatamente o que quer e o que faz a direita, que atua nas instituições públicas, nos poderes da República, nos bastidores da política e da economia. A direita cuida especialmente da defesa do capital, das vantagens econômicas do empresariado, dos privilégios patrimoniais das elites e do poder político das oligarquias.

    Desde o final do ano passado a direita brasileira cerrou fileiras para enterrar de vez o esclarecimento dos crimes praticados pelo Estado na ditadura militar (1964-1985), em especial o que foi suscitado pelo 3º Programa Nacional dos Direitos Humanos, lançado em dezembro, e que levou o presidente da República a fazer alterações ao gosto dos setores mais reacionários. A direita não quer saber de Comissão da Verdade e da Justiça, não quer passar a limpo a história da prisão, tortura, morte e desaparecimento de opositores políticos.

    A direita ataca as propostas de democracia participativa, tudo o que possa aperfeiçoar o sistema representativo e assegurar ao povo o papel de sujeito da história. A direita critica a realização de conferências nacionais que possibilitam a formulação de políticas públicas, assim como as propostas de plebiscitos e referendos para as grandes definições nacionais.

    Amarrada aos pontos do Consenso de Washington, mesmo com o fracasso e a crise do neoliberalismo em todo o mundo, notadamente na América Latina, a direita brasileira continua defendendo a privatização de serviços públicos, rodovias, portos, aeroportos, educação e saúde – apesar da péssima prestação de tais serviços pelas empresas privadas.

    Ao mesmo tempo rejeita, com muita força, todas as medidas que possam melhorar as condições de vida e trabalho do povo brasileiro. No momento, ataca a redução da jornada de trabalho para 40 horas e a mudança nos critérios das aposentadorias. A direita não tem o menor interesse que os trabalhadores conquistem uma vida com dignidade, que as leis trabalhistas sejam cumpridas.

    A direita não se importa com a construção de um País mais justo, que assegure igualdade de oportunidade para todos, que amplie direitos, que trate do bem-estar das pessoas antes do lucro e do sucesso das empresas. Conhecer mais sobre a direita é identificar quem realmente tem prejudicado o Brasil.

    Editado(a) por Jussara Seixas

    ResponderExcluir
  15. Eu não conheço 1 cidadão de bem, que tenha sido torturado no Regime Militar. Ao contrário! todo cidadão de bem que viveu neste período, só tecem elogios à este Regime.

    A maioria dos que dizem ter sofrido algum tipo de tortura neste período, hoje são políticos, e todos envolvidos em algum tipo de falcatrua.

    O nosso Regime Militar foi o mais democrático, pra não dizer frouxo.

    O grande erro do Regime Militar foi ter deixado estas cobras se criarem.

    Que inveja da Argentina.

    ResponderExcluir
  16. “Eu tenho uma dó dele” Eu não sei o que pode acontecer no viveiro dos Tucanos e tucanóides do PSDB (Partido Superado do Brasil) se nas próximas pesquisas, a Dilma passar do Zé Alagão conhecido com Zé Pedágio. É bom o Fernando Henrique Cardoso e o Sérgio Guerra se acostumarem com o avanço da Dilma, porque tucano magoado é tucano enfartado. Quem tem quem raiva exceciva e não controla o colesterol pode bater a caçoleta. – Correspondente do Blog da Dilma – Façanha de Fortaleza/CE

    Editado(a) por DANIEL PEARL


    ´´ola coelho pom pom + 1´´

    ResponderExcluir
  17. BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou nesta sexta-feira a disposição do Brasil em ajudar a reconstrução do Chile, país devastado por um forte terremoto e tsunamis em fevereiro.

    A afirmação foi feita durante declaração conjunta com o presidente do Chile, Sebastián Piñera, que fez ao Brasil sua primeira viagem internacional como chefe de Estado.

    Piñera, que assumiu o posto em março, prestou solidariedade às vítimas das chuvas no Rio de Janeiro, oferecendo cooperação nos esforços para socorrê-las. Ele também reafirmou o apoio chileno à demanda do Brasil por uma vaga permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).




    ´´coelho pom pom +1´´

    ResponderExcluir
  18. Enquanto isso o Rio de janeiro amarga a tragédia do ultimo temporal.

    Lula já deu do nosso dinheiro para : Cuba, Venezuela,Bolívia,Paraguai, Uruguai,Haiti e até os Estados Unidos, mais ou menos uns 100 bilhões de reais.

    Já os desabrigados do Rio.....

    ResponderExcluir
  19. Em nome de toda equipe agradeço pela divulgação do MuCo.
    Erika Corrêa (editora assistente)
    ecorrea@dcomercio.com.br

    ResponderExcluir
  20. Os dois tipos que não gostam do Lula

    Quando vejo pessoas falando do mal do presidente Lula, tenho, sinceramente, pena delas.
    Pena porque falam mal dele por duas razões. Ou são céticas ou preconceituosas.
    Das céticas tenho pena porque a mais incrível das capacidades humanas é sonhar. E o cético não sonha. Provalmente, se decpcionou tanto na vida que se recusa a acreditar que possa acontecer alguma coisa boa. Espera sempre o pior com medo de cair de novo. E se cair, pelo menos lhe resta o consolo de que já esperava por isso. No final das contas, o cético é um medroso.
    Por mais que Lula faça, por mais que seja reconhecido internacionalmente por todas as correntes, de Hugo Chávez a Obama, dos comunistas chineses ao rei Juan Caros, de Putin a Sarkosi, do inglês ao iraniano, nunca o cético vai dar o braço a torcer. E como não tem o que dizer, fica desenterrando o pseudoescândalo do mensalão. Ora, se Lula ou alguém de sua família tivesse roubado um cacho de banana na feira já o teriam colocado em cana há muito tempo. Vontade não faltou.
    A outra espécie de opositor do Lula é o preconceituoso. Subprotudo descendente de uma sociedade de mentalidade escravocrata, não consegue conceber o fato de alguém que estudou pouco seja capaz de levar o país aonde os catedráticos que o antecederam nem sonharam chegar. Mas só um operário muito inteligente lidera um governo que tira 30 milhões da miséria. Pessoas que não comiam estão comendo. "Assistencialista!", acusam os que nunca passaram fome. E não é só isso, empresários e banqueiros faturam como nunca, o consumo aumentou. Jamais se vendeu tanto carro zero quilômetro, a classe média também está no paraíso. A oposição a Lula agora se resume a uma parte da mídia, a mesma que se curvava aos militares e que perdeu o bonde da história.
    Também tenho pena dos preconceituosos e dos céticos porque eles perdem as melhores coisas da vida.

    ResponderExcluir
  21. PREFEITURA DO DEM: Ex-diretor de Saúde de Mongaguá usou carro da prefeitura em esquema

    colaboração para a Folha
    O ex-diretor de Saúde da Prefeitura de Mongaguá DO DEM (litoral de São Paulo) Juan Mori Albornoz foi preso nesta quarta-feira (28) em uma operação da Polícia Federal contra uma suposta quadrilha responsável pelo esquema de desvio de produtos químicos para a produção e adulteração de cocaína. Em seis meses de investigação, a chamada operação Alquimia prendeu 33 pessoas --sendo 16 ontem.
    Imagens feitas pela PF mostram que Albornoz usava o carro da prefeitura para comprar produtos químicos como lidocaína, cafeína, éter e acetona --utilizados na adulteração da cocaína para a comercialização-- na farmácia de manipulação AtualPharma, em Mongaguá. A proprietária do estabelecimento também foi presa.
    A estimativa da PF é que a quadrilha tenha desviado cerca de 5 toneladas de produtos químicos, colocando no mercado aproximadamente 8 toneladas de cocaína. Segundo a polícia, desde o início da operação, o grupo movimentou R$ 120 milhões com o crime.

    O prefeito de Mongaguá, Paulo Wiazowski Filho (DEM), disse, em nota, estar surpreso com a prisão do ex-diretor. "Juan é médico concursado, foi escolhido por seus méritos profissionais e desligado do cargo em janeiro último um ano depois da posse --por questões meramente administrativas", diz a nota.

    Porque o ex diretor de Saúde estava usando um carro da prefeitura? Quem na prefeitura autorizou ele usar o veículo?

    ResponderExcluir
  22. Governador do PSDB empregava ex-prefeito foragido da polícia

    Investigado pelo assassinato de um deficiente físico e pela prática de atentados contra vereadores da oposição, e desde ontem considerado pela Polícia Civil de Santa Catarina como fugitivo, o dirigente estadual do PSDB e ex-prefeito de Camboriú Edson Olegário estava bem empregado até o início desta semana: era nada menos do que “executivo de gabinete” do vice-governador e atual governador catarinense, Leonel Pavan, o principal cacique tucano no estado.
    Prefeito de Balneário Camboriú no período 2005/2008, Edson Olegário é suspeito de participar de uma série de atentados contra vereadores que integravam uma CPI e também da execução de Eneri Antônio Souza, irmão de um vereador. Segundo a polícia, Eneri, deficiente físico de 59 anos de idade, foi assassinado por engano no lugar do irmão.
    Edson Olegário pretendia concorrer à reeleição em 2008, mas a Justiça Eleitoral impugnou a candidatura porque ele não votou e nem justificou a ausência no referendo de 2005 sobre a comercialização de armas de fogo. Três semanas depois de concluído o mandato, Olegário foi transformado em “executivo de gabinete” do então vice-governador Leonel Pavan, também ex-prefeito de Camboriú e igualmente suspeito da prática de diversos crimes.

    ResponderExcluir
  23. A mídia tucana não descansa. E o motivo é básico. Já imaginou se caíssemos numa crise mundial ainda este ano? Claro que escapamos de uma catástrofe ano passado mas a esperança nunca morre. Bem que o Brasil poderia ser contagiado pela crise da Grécia, com foi nos anos 90 pela da Indonésia.
    Eram tampos bicudos aqueles. Qualquer Congo Belga que estivesse mal, o Brasil pagava o pato. E corria pro FMI.
    Cartas marcadas, hoje sabemos. Corrida ao FMI era o esporte preferido de uma parte da nossa elite. Ao ponto de o próprio Bill Clinton dizer, aqui no Brasil em sua visita ao "amigo" FHC que os países pobres desviavam a maior parte da grana recebida em ajudas internacionais para serem contidas as crises.
    Que deselegância de Bill. Falar assim na cara do amigão do peito, FHC. E na casa dele
    Leitão está torcendo para a crise da Grécia contagiar a Europa. Contagiando a Europa, certamente sobrará um naco para nós. Afinal, crise é crise.
    Bons tempos aqueles quando eramos dependentes do capital internacional e não tinhamos mercado interno nenhum.
    Uma bela porta aberta pra todo tipo de submissão e desvio de verbas trilionárias vindas de fora...

    ResponderExcluir
  24. José Serra sonegou Fundeb

    O governo de São Paulo fez sonegação contábil com verbas da educação. E não pouco: R$ 660 milhões . Sonegação contábil é quando um governo investe em outro lugar uma verba federal que tem destino marcado. No caso, esse destino era a educação. Ou seja, o governo de José Serra (PSDB) deixou de investir essa fortuna em educação. Segundo o MEC, o estado de São Paulo é o maior devedor do Fundeb.
    Fábio Fonseca de Castro, professor da UFPA.

    ResponderExcluir
  25. RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Marinha do Brasil pretende licitar entre o final deste ano e o próximo a construção de 18 navios escolta no valor de 500 milhões de euros cada, uma competição de 9 bilhões de euros e cuja exigência de conteúdo nacional será menor do que a habitual.

    "São navios muito complexos, é difícil atingir o índice de nacionalização de outras embarcações por causa das armas", explicou o contra-almirante Francisco Deiana durante apresentação em seminário do setor naval na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

    Os navios deverão ser construídos no Brasil em associação com um estaleiro projetista internacional, informou o militar, prevendo o prazo de 5 anos para a construção.

    Destinados à proteção da costa, possivelmente na região do pré-sal da bacia de Santos, onde estão localizadas reservas de petróleo que podem mais que dobrar as atuais reservas brasileiras, os navios escolta terão que ter no mínimo 40 por cento de conteúdo nacional, um índice baixo se comparado aos exigidos em programas da Petrobras e suas subsidiárias, em torno dos 70 por cento.

    "O modelo estratégico é ter um projeto já consagrado que seja adaptado para a nossa realidade e construído no Brasil", disse o militar, citando França, Itália e Alemanha como possíveis países que disputariam a encomenda.

    "São países que possuem projetos semelhantes e já fizeram apresentação para nós, mas não temos preferência", se apressou em esclarecer antecipando uma possível polêmica que pode surgir nessa compra a exemplo do que ocorreu com a licitação de caças pelo governo brasileiro.

    Ele admitiu no entanto que a decisão da compra, assim como no caso dos caças, deverá obedecer às lógicas estratégica e política do governo.

    "A Marinha emite o parecer técnico, mas existem outros componentes estratégicos e políticos", afirmou

    ResponderExcluir
  26. DEM O PARTIDO MAIS CORRUPTO DO BRASIL:Balanço mostra 623 cassações de mandatos de 2000 em diante por corrupção
    quinta-feira, 13 de maio de 2010

    Números foram divulgados nesta quinta por movimento contra a corrupção.
    Entidades pedem reforma política e fidelidade partidária.
    Alexandro Martello
    Do G1, em Brasília
    Tamanho da letra
    TSE cassou 215 políticos por compra de votos em oito anos Justiça Eleitoral cassou 155 prefeitos eleitos em 2004 TSE cassou 203 por compra de votos TSE suspende decisão do TRE-RJ que cassou deputado
    O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que conta com o apoio de entidades de representação da sociedade civil, movimentos e organizações sociais e religiosas, divulgou nesta quinta-feira (4) balanço que contabiliza 623 cassações de mandatos políticos do ano 2000 até 9 de setembro de 2007, englobando quatro eleições, sendo todos relativos a casos de corrupção.

    Nesse número, não estão incluídos políticos que perderam cargos em virtude de condenações criminais. Do total de 623 cassações registradas, quatro são de governadores e vice-governadores (Flamarion Portela, de Roraima, e Cássio Cunha Lima, da Paraíba, este último mantido ainda no cargo por força de liminar do TSE), seis são senadores e suplentes (entre eles João Capiberibe, do Amapá, e Expedito Júnior, de Rondônia), oito deputados federais, 13 deputados estaduais, 508 prefeitos e vice-prefeitos, além de 84 vereadores.

    Por partidos, o ranking de cassações é liderado pelo Democratas (antigo PFL), com 69 casos, ou 20,4% do total. Em segundo lugar aparece o PMDB, com 66 casos, ou 19,5%, enquanto o PSDB aparece em terceiro lugar, com 58 ocorrências, ou 17,1% dos casos.

    O PP aparece em quarto lugar, com 26 casos, ou 7,7% do total, seguido pelo PTB (24 casos, ou 7,1%) e PDT (23 ocorrências, ou 6,8%). O PT aparece em décimo lugar, com dez ocorrências, ou 2,9%. Ao todo, 21 partidos compõem o ranking. Nesse caso, foram considerados apenas os "cabeças de chapa", ou seja, não houve contabilização dos vices e suplentes.

    Nas últimas quatro eleições, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral registrou cassações em todos os 26 estados e no Distrito Federal. O maior número foi em Minas Gerais, com 71 casos. Depois aparecem Rio Grande do Norte, com 60; São Paulo, com 55; e Bahia, com 54 cassações. Acre e Distrito Federal tiveram apenas uma cassação por corrupção eleitoral, cada.

    ResponderExcluir
  27. Ai Weslei, valeu companheiro!
    Gosto da forma que defende nosso Presidente,com sabedoria,garra e confiança.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item