Sessão da Câmara de Vereadores de Itaguaí: 02/03/2010 - Segundo Jornal Atual

A trilogia do inconformismo Um muro de lamentações. Assim pode ser definida a sessão da Câmara Municipal de Itaguaí, na terça-feira (2) , ...

A trilogia do inconformismo

Um muro de lamentações. Assim pode ser definida a sessão da Câmara Municipal de Itaguaí, na terça-feira (2), quando os vereadores se debruçaram sobre três temas que têm em comum a perturbadora repercussão entre a população e no próprio Legislativo – a constante falta d’água na cidade, a prevenção na área de segurança e o desrespeito à legislação municipal por parte da direção dos bancos com agências na cidade. Os parlamentares não conseguem esconder a ansiedade de ver transformados em realidade os pleitos que ouvem da população e que são debatidos em plenário. Enquanto isso, vivem o desconforto de não encontrarem nas autoridades a que recorrem e na iniciativa privada as soluções para problemas que só fazem crescer com o passar do tempo.
É o caso, por exemplo, da incerteza quanto ao policiamento da cidade. O vereador Toni Coelho aproveitou a sessão para apresentar indicação pleiteando a permanência de Itaguaí sob abrangência do 27º BPM (Santa Cruz). “Só se justifica a saída deste batalhão se sair para a melhor. E a melhor é a implantação de um batalhão na cidade. Voltar para o 24º BPM é retrocesso”, discursou Toni. A afirmação mereceu emenda do vereador Nisan. “Há dez anos falamos nisso e os governos que se sucedem não dão atenção a Itaguaí”, disse. Em seguida, o parlamentar citou o morro Dona Marta, na Zona Sul do Rio, cuja Unidade de Polícia Pacificadora é motivo de elogios. “Lá são cinco mil pessoas. Em Itaguaí são 120 mil”, comparou, encolhendo a população do Dona Marta.

Novas críticas contra a Cedae

O desabastecimento que vitima a cidade também mereceu acirrados comentários em plenário. Nem mesmo quem é partidário do governo do estado esmoreceu nas críticas. “É um estado calamitoso! Não vou me calar, mesmo sendo do partido do governador”, disparou o presidente da Câmara Municipal, Vicente Rocha. O vereador Silas, Cabral, por seu turno, reiterou o pedido de convocação de uma audiência pública para tratar do assunto, como já fizera em 2009. Já o vereador Nisan acusou o presidente da Cedae, Wagner Victer, de não querer assinar convênio com o município de acordo com os interesses da cidade. Beto da Reta acentuou as críticas dizendo que a Cedae patrocinou com R$ 309 mil uma participante de concurso de mulatas. “Com esse dinheiro dava para comprar uma bomba para abastecer o morro da igreja”, emendou. Diante da situação, o vereador Jorge Rocha prometeu recorrer ao pré-candidato ao Senado, Jorge Picciani, que tem agenda prevista na cidade. “Vamos recorrer a ele. É hora de pedir tudo o que pudermos”, disse. “Momento de Campanha é momento de pedir”, emendou Vicente Rocha.

Bancos também na mira

O fato de a direção de bancos com agências na cidade não darem a mínima para as leis aprovadas na Câmara Municipal, como a que tende a coibir as chamadas saidinhas de banco, foi mais uma das razões para a indignação dos parlamentares. Dessa vez, no entanto, o vereador Jorge Rocha, que é líder do governo, tratou de informar aos colegas que no momento da renovação dos alvarás das agências, o prefeito Charlinho só vai deferir o documento se os bancos provarem o respeito às leis municipais.

Jornal Atual, 05 de março de 2010.
Autor: RENATO REIS

Notícias Relacionadas

Sessões da Câmara 4629072393422817838

Postar um comentário

  1. Alguém aí já percebeu que nunca são citados nomes como o do Lenilson do INPS e o do Robertinho?

    E que o nome do Jorge Rocha só aparece para dizer algo que o Charlinho diz e nunca o que ele quer dizer? E quando diz algo diferente do que o Charlinho diz, sempre é pra defender o Charlinho?

    Alguém aí já percebeu isso?

    ResponderExcluir
  2. apos ler essa sintese que ocorreu na sessao do dia 02/03 nota-se o quanto nossos legisladdores estao desnorteados.Não conseguem resolver essa situação com a Cedae é um absurdo nos contrubuintes não podermos usufruir da agua que é um bem natural que todo ser humano tem direito para satifafazer suas necessidades básicas 11 Legisladores não conseguem resolver a que ponto nos chegamos
    Quanto a questão de segurança é vergonho,as inumeras saidinhas de banco que a população vem sofrendo,ja fui vitma de uma e sei oq é isso essas questoes de politicas de segurança tem que ser mais eficiente pois a nossa população aumentou consideravelmente ao longo desse 4 anos.

    ResponderExcluir
  3. Olá,

    Sobre os acontecimentos publicados pelo Atual, dessa sessão, eu diria que fica mais claro a cada dia, a falta de representantes políticos da cidade na ALERJ e no Congresso, na resolução desses problemas aparentemente básicos mas com soluções políticas.

    Concordo com o que disse o "Olho Vivo" sobre a dificuldade encontrada pelos nossos vereadores em brigar por essas causas. Me sinto envergonhado em morar "ainda" em uma cidade situada entre as 50 mais ricas do Brasil e com tantos investimentos públicos e privados acontecendo, e os políticos locais ainda não conseguiram montar uma rede de influência política na região, no Estado e no âmbito federal.

    ResponderExcluir
  4. Sobre o primeiro comentário do anônimo, devo concordar plenamente!!!!

    Em minhas idas as sessões mudei completamente minha visão sobre os vereadores da cidade e além de comprovar o que foi dito pelo anônimo, passei a respeitar pela atuação política, pelos discursos e pelos projetos apresentados, os vereadores Carlos Kifer, Márcio Pinto, Nisan César, Vicente Rocha e Silas Cabral.

    Críticas mil sobre essas figuras podem haver e eu mesmo posso fazer algumas mas preciso dizer que esses estão bem acima de outros tantos que estão lá e outros que são da política de Itaguaí.

    O Toni Coelho e o Abelardinho teem um baita potencial mas andam presos pelo fato de serem aliados do prefeito.

    O Beto da Reta é o Senador Mão-Santa do PI da Câmara de Vereadores de Itaguaí: Quando fala, as pessoas esperam dele coisas que poucos tem coragem de dizer e nos levam a ter diversas sensações diferentes, de horror a risadas.

    Já os demais, eu prefiro nem falar pois o amigo já disse antes.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item