Ficha limpa vira destaque na pauta da Câmara

Além de enfrentarem pressões pela votação da PEC 300 , os deputados terão de encarar nesta semana a votação do projeto de lei da ficha limpa...

Além de enfrentarem pressões pela votação da PEC 300, os deputados terão de encarar nesta semana a votação do projeto de lei da ficha limpa. Mesmo com resistência anunciada de alguns parlamentares, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), comprometeu-se a colocar em votação, na próxima quarta-feira (7), a proposta que torna inelegíveis candidatos que respondem a processos.

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), responsável pela coleta de 1,3 milhão de assinaturas para apresentação desse projeto de lei de iniciativa popular, quer mobilizar a sociedade para pressionar a Câmara a votar a proposta. A intenção é mostrar aos deputados que a sociedade está atenta à posição dos parlamentares em relação ao chamado PL Ficha Limpa.

O projeto sofre resistência porque determina que pessoas com condenação judicial por órgão colegiado se tornem inelegíveis pelo prazo de oito anos. Uma forte resistência virá por parte do deputado José Genoino (PT-SP) e um grupo de parlamentares que, assim como ele, avaliam que o projeto é muito rigoroso. Réu do processo do mensalão do PT, Genoino tem defendido que a pessoa só pode se tornar inelegível se o processo estiver em trânsito em julgado (ou seja, julgado em última instância).

Nesta terça-feira (6), o relator do projeto, deputado Índio da Costa (DEM-RJ) participará de um bate-papo com os internautas promovido pela Agência Câmara, a partir das 15h. Para participar da conversa, o interessado deve acessar o site da Câmara e clicar no banner de bate-papo, que estará localizado no alto da página da agência.

Renata Camargo
http://congressoemfoco.ig.com.br/noticia.asp?cod_canal=1&cod_publicacao=32434

Postar um comentário

  1. meu blog
    http://blog.betodareta.com.br/
    para quem se interessar pelo meu trabalho..

    beto da reta

    ResponderExcluir
  2. Legal,

    Mais um vereador adere ao mundo da internet.

    Mas o Beto da Reta já tinha um blog, que até ganhou divulgação aqui no Política de Itaguaí. Ficou tanto tempo sem ser atualizado que até morreu...

    Espero que este blog seja sempre atualizado e que ofereça espaço para os seus eleitores (eu não fui) e os cidadãos de Itaguaí em geral, colaborarem com seu mandato.

    Agora são os seguintes com sites:

    Márcio Pinto;
    Nisan;
    Vicente Rocha;
    Beto da Reta.

    Que lê e-mail e responde: Márcio Pinto, Nisan, Toni Coelho e só.

    Mas já estamos evoluindo...

    ResponderExcluir
  3. "Nada que promova o progresso humano é obtido com a aprovação de todos." (Cristóvão Colombo)

    ResponderExcluir
  4. Será que essa Ficha Limpa, se aprovada, influenciaria alguma coisa entre os que se candidatam a vereador em Itaguaí?

    ResponderExcluir
  5. "Uma forte resistência virá por parte do deputado José Genoino (PT-SP)"

    Alô andrequimico!!!

    Você também faz parte desta banda do PT? Bem, se é que existe outra banda.

    O PT tá mais pra "bando".

    Se este Projeto de Lei for aprovado o PT(Partido dos Trapaceiros), acaba.

    Quero ver a CUT, UNE, F.Sindical, MST e o próprio PT, liderarem um movimento em favor da aprovação deste projeto. DUVIDO!!!!

    Essa facções criminosas serão as mais prejudicadas, caso o projeto for aprovado.

    Se algum Deputado do PT votar à favor do Projeto, será expulso do Partido!

    ResponderExcluir
  6. Lula se reunirá amanhã com ministros sobre Plano de Banda Larga
    quarta-feira, 7 de abril de 2010

    Lula se reunirá amanhã com ministros sobre Plano de Banda Larga
    Agência Estado
    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reúne-se amanhã, às 9h30, com os dez ministros que participam do grupo que elabora o Plano Nacional de Banda Larga. A ideia é tentar fechar, nessa reunião, as diretrizes que orientarão a implantação do programa, com o objetivo de massificar os serviços de internet rápida no Brasil.
    O ministro das Comunicações, José Artur Filardi, que integra o grupo, confirmou a reunião. Ele disse, no entanto, que as informações sobre o programa foram concentradas na Casa Civil. Daqui a pouco, às 11h30, o ministro se encontrará com a ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, mas não para tratar de banda larga e sim outros assuntos do ministério.

    Ainda falta definir qual será o alcance do Plano de Banda Larga. A ideia é criar uma estatal que vai ser a operadora dos serviços, mas não está decidido se atuará apenas no atacado, fazendo a transmissão de dados, ou se oferecerá os serviços de banda larga também ao consumidor final. Uma das opções é a revitalização da Telebrás, mas também se cogitou usar os Correios ou o Serpro.

    As estimativas de investimentos feitas pelo grupo técnico que elabora o programa variam de R$ 3 bilhões a R$ 15 bilhões. Também estão em aberto questões como cronograma de implantação e aspectos legais do plano.


    Editado(a) por Jussara Seixas em 7.4.10

    ´´TROQUEI O CARA,PELA COROA´´13

    ResponderExcluir
  7. O presidente Lula confirmou sua participação no ato partidário organizado pelo Partido Comunista do Brasil – PCdoB, em apoio à candidatura de Dilma Rousseff à Presidência da República, que acontece nesta quinta-feira (08), a partir das 17h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Além do presidente, 12 ministros de Estado confirmaram presença até agora.

    A cerimônia será apresentada pela atriz Ana Cristina Petta, e contará com a participação de Martinho da Vila, Leci Brandão, Jorge Mautner e Netinho de Paula. Todos eles são filiados ao PCdoB. De acordo com os organizadores do evento, a escolha de representantes do movimento artístico-cultural para ajudar na condução do evento, foi motivada pelo envolvimento do Partido com as causas ligadas à cultura e a defesa da arte como fator importante da identidade brasileira.

    “O PCdoB mantém historicamente a tradição de ter em suas fileiras de militantes artistas ligados aos mais diversos setores. Essa foi uma das razões para escolher os nomes que conduzirão este ato de grande significação para o momento político vivido pelo país”, afirma Adalberto Monteiro, do Comitê Central do PCdoB e organizador do evento.

    Mais de 1000 militantes são esperados no evento do dia 08. Estarão presentes representantes de todos os estados do país, alguns com expressiva delegação vindas em caravanas. É o caso de Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro, Maranhão, Espirito Santo, Tocantins, São Paulo e Goiás, que já se mobilizam para a viagem ao Distrito Federal.

    O PCdoB reconhece que Dilma sempre se colocou à frente de importantes políticas públicas e que seu mandato no governo foi marcado pela competência, liderança e compromisso com o Brasil e o povo. A convergência de idéias e o pacto pelo progresso do país foram alguns dos principais motivos que levaram o apoio do partido à Dilma, afirma Renato Rabelo

    Com o evento do dia 08, os comunistas ratificam os compromissos firmados com o apoio à pré-candidatura de Dilma Rousseff, que será oficializada na convenção eleitoral programada para o mês de junho.


    Serviço:
    Evento: Ato de apoio do PCdoB à pré-candidatura de Dilma Rousseff
    Data: 08/04/2010
    Horário: A partir das 17h
    Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães - Eixo Monumental – Brasília/DF
    Mais informações pelo telefone (61) 8468-2437 – Ana Santos
    Credenciamento para Imprensa: pcdobapoia.imprensa@gmail.com

    Editado(a) por Jussara Seixas


    ´´ABRAÇOS RAIZES !!!´´

    ResponderExcluir
  8. ´´parte I ´´
    “Dados do TSE mostram que Editora Abril, proprietária da Veja, financiou campanhas de candidatos tucanos em SP, entre elas, a de Alberto Goldman. Nada ilegal, mas não custa avisar ao leitor. Ajuda a entender a linha editorial. E o que tudo isso tem a ver com Marcos Valério?
    As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foram obtidas pelo gabinete do deputado federal Dr. Rosinha (PT-PR). A Editora Abril S/A, proprietária da revista Veja, entre outras publicações, doou, nas eleições de 2002, R$ 80,7 mil a dois candidatos do PSDB e a um candidato do PPS. O deputado federal Alberto Goldman (PSDB-SP) recebeu doações de R$ 34,9 mil da editora naquele ano.
    O deputado federal licenciado Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), ex-ministro da Justiça do governo Fernando Henrique Cardoso, recebeu uma quantia mais modesta, R$ 15,8 mil. Ferreira é hoje secretário de governo do prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB). Já o candidato Emerson Kapaz (PPS-SP), que já exerceu mandatos pelo PSDB antes de trocar de partido, recebeu R$ 30 mil. Segundo a assessoria do deputado Dr. Rosinha, essas foram as únicas doações a políticos feitas pela Editora Abril em 2002.” (Revista NOVAE, original aqui)

    Agora, o mais interessante:
    “A Editora Abril também foi identificada como responsável por um depósito de R$ 303 mil reais em uma conta da DNA Propaganda, empresa de Marcos Valério, segundo dados obtidos pela CPI dos Correios e divulgados pela mídia. Os integrantes da CPI também identificaram dois depósitos da TV Globo, somando R$ 3,6 milhões, e dois da Globosat, somando R$ 180 mil. Segundo a assessoria da DNA, nestes dois últimos casos, os depósitos correspondem ao pagamento de comissões e bônus pela veiculação de publicidade em emissoras de televisão aberta e a cabo. Em princípio, também não há nada de ilegal nisso. Mas será interessante ver qual será o tom da cobertura destes veículos sobre tais depósitos. Merecerão manchetes e destaques de capa?
    (…) Nenhuma linha sobre o depósito de R$ 303 mil reais feito pela Editora Abril na conta de uma das empresas de Valério. Em nota oficial, não publicada pelo site de Veja na tarde de quarta, o Grupo Abril afirma que “mantém relacionamento comercial com a grande maioria das agências de publicidade do país e que pagamentos de comissões em nome de agências fazem parte das práticas normais da atividade”. De fato, fazem parte, mas a discrição e o silêncio no site da revista são duas características estranhas à linha editorial da publicação quando se trata de alguma denúncia contra qualquer coisa que tenha “cheiro de esquerda”. Neste caso, qualquer denúncia ganha destaque imediato.”

    ResponderExcluir
  9. ´´PARTE II´´

    você acha que acabou, né? Não. Há mais sobre o novo governador de São Paulo, Alberto Goldman:
    “Além de ter relatado a Lei Geral de Telecomunicações durante o governo FHC, Goldman também presidiu a comissão que tratou da flexibilização do monopólio do petróleo. O principal beneficiado pelas doações da Editora Abril foi ainda ministro dos Transportes, quando deu início ao processo de privatização das rodovias e portos brasileiros”, informa material produzido pela assessoria do parlamentar. E vai mais além. “Uma das maiores editoras do Brasil, a Abril possuía um endividamento líquido, em 2002, de R$ 699,5 milhões. Em julho de 2004, fundos de investimento em empresas de capital privado da Capital International Inc. associaram-se ao grupo Abril, beneficiando-se da Lei Geral de Telecomunicações, relatada por Goldman”.
    (…) essa negociação permitiu à editora um aumento de capital de R$ 150 milhões – parte desse valor teria sido utilizada no abatimento da dívida. “O negócio corresponde a 13,8% do capital da Abril. A dívida atual da editora chega a R$ 485,9 milhões”, acrescenta, concluindo: “Como se vê, mesmo endividada, a empresa não deixou de contribuir com campanhas tucanas. Onde fica o princípio de imparcialidade e a independência jornalística dos veículos ligados à editora?”, questionou o parlamentar [Dr. Rosinha].
    Artigo completo do jornalista Marco Aurélio Weissheimer.
    Editado(a) por DANIEL PEARL

    ´´abraços raizes 13´´

    (ai neu- aqui tem café no búle)

    ResponderExcluir
  10. Olá Raízes!!! tentando mudar o foco dos comentários?

    O papo aqui é Ficha Limpa...
    Você e sua quadrilha deveriam se mobilizar para que este projeto fosse aprovado, mas pelo que eu vejo nem você e muito menos o PT está interessado nisso, pois ontem (07-04-2010), o PT e toda base aliada do "melhor governo deste país", se mobilizou para barrar o projeto; e conseguiu.

    O PT e os petista, mais uma vez, mostraram quem são.

    Se os petistas tivessem o mínimo de vergonha na cara, já teriam se mobilizado em favor deste projeto. Mas não, vem você com a sua "cara de pau", vem criar "cortina de fumaça"; tá pensando que todo mundo é ignorante?

    Se o PT e a base aliada tivesse aprovado este projeto ontem, talvez teria-mos eleições mais justas ainda este ano. Até os tucanos rodariam.

    Pois eu não estou aqui para defender políticos ou partido, mas sim para defender uma política ética, independente de partidos ou políticos.

    Mas vamos lá! eu sou democrático, me explique : Por que o PT é contra ao Projeto Ficha Limpa?

    ResponderExcluir
  11. ´´AI NEU- VOCÊ E TÃO ÉTICO APOIA O PRINCIPE E ROCHO PELO SERRA, QUER VER O CIRCO PEGAR FOGO SAI DESSA LAMA JACARE.´´O presidente da Câmara, Mi­­chel Temer (PMDB-SP), prometeu que tomará uma atitude sozinho caso a proposta fique estagnada na CCJ. “Não se pense que isso é estratégia para retardar, para alterar (a proposta), porque a presidência da Câmara tem a disposição de que se deve votar esse projeto”, declarou. Ele também ressaltou que cumpriu a promessa de colocar o texto em votação ontem, mas que o prosseguimento foi comprometido pela falta de um “acordo numérico” entre os líderes.

    “Eu até vou anunciar mais ou menos uma data para a votação em plenário: será na primeira semana de maio, no mais tardar.” Apesar da previsão, a manobra de ontem esfriou as expectativas sobre a proposta. “Se fosse votado agora já seria difícil de valer para as eleições de outubro, com esse atraso fica praticamente impossível porque o Senado não vai conseguir votar até as convenções partidárias de junho”, disse o deputado paranaense Rodrigo Rocha Loures (PMDB).

    Críticas

    As críticas ao projeto estão relacionadas aos tipos de crimes e ao grau de condenação que leva à inelegibilidade. Partidos como o PR e o PP apresentaram extensos questionamentos sobre a constitucionalidade da matéria. Atual­­­mente, as regras estão definidas pela Lei Complementar 64/1990, que estipula a inelegibilidade apenas para candidatos condenados com sentença definitiva (transitada em julgado).

    Além disso, atualmente apenas sete tipos de crime impossibilitam a candidatura. Pelo substitutivo de Índio da Costa, crimes contra o meio ambiente, a saúde pública e a dignidade social também passam a ser motivo de inelegibilidade. “Co­­­mo é que alguém que cortou uma árvore pode ser considerado inelegível?”, criticou o líder do PP, João Pizzolatti (SC). Segundo ele, nenhum partido se colocou contra a aprovação da proposta, mas a maioria acredita que é possível aprimorá-la. “Ou vamos fazer política, ou vamos fazer um projeto legal, que proteja a instituição (Câ­­mara)”, disse Pizzolatti.

    * * * * * * * *

    Interatividade

    Os critérios para inelegibilidade previstos no projeto Ficha Limpa ferem o princípio de presunção da inocência?

    Escreva para leitor@gazetadopovo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Danilo Cabral de Aguiarquinta-feira, 08 abril, 2010

    Senhores, Raízes Vermelhas, Professor Fabiano, Neuci e outros.

    Olha só, estou percebendo que muitas vezes os nossos comentários estão ficando ENORMES, em algumas horas, fica impossível ler tudo o que é postado, deveriamos ter um código de ética informal, sugiro ao Professor Fabiano os seguintes tópicos.

    1) Não ultrapassar a 15 linhas.

    2) Não ocupar os comentários com reportagens inteiras de outras mídias (Sugestão: Cite apenas o link)

    3) Comentar somente sobre a matéria postada.

    4) Toda vez que os comentarios desviarem sua atenção a ataques pessoais, o administrador bloqueará automaticamente as partes.

    5) Não usar o blog para pecuínhas partidárias.

    6) Proibir "grupos partidários" de comentar no site. Somente pessoas físicas.

    7) Restringir os comentários de postagem automática a pessoas com perfil registrado no Blogspot.

    8) Comentários de pessoas "não registradas" sofrerá análize prévia antes de ir ao ar.

    9) Extinguir os "Comentários Anonimos".

    10) Cada perfil somente terá direito a comentar "uma única vez" nos comentários em cada postagem.

    ALGUNS COMENTARISTAS PODEM ACHAR ESSAS NORMAS UMA FORMA DE CENSURA, PORÉM, DO JEITO QUE ESTÁ NÃO PODE CONTINUAR, OFENÇAS PESSOAIS, RECÍPROCAS, COMENTÁRIOS LONGOS DEMAIS, MUITO LIXO SENDO DESPEJADOS DENTRO DOS COMENTÁRIOS EM FORMA DE MATÉRIAS REPRICADAS, PARTIDARIZAÇÃO DOS COMENTÁRIOS, UMA BAGUNÇA GERAL!

    ResponderExcluir
  13. hahahaha...

    Danilo,

    Depois de um longo dia de trabalho, chego e leio isso. Falei hoje para meus alunos do Estado a importância da liberdade de expressão, de se ter um local para usufruir dessa liberdade, da falta de espaços para isso... etc... aí leio seu comentário!!!!

    Parabenizo você por expor um problema que afetou o blog nos últimos dias e agradecemos sua preocupação mas não penso em CENSURAR não.

    Solicito ao companheiro Raízes e demais, que usem o bom senso. Tão raro um local para debates e infelizmente tomou um rumo não muito legal.

    Realmente Danilo, esses últimos comentários com reportagens coladas por inteiro tem dificultado ser acompanhados. Vou falar a verdade: não estou lendo!!!!!

    Para o Raízes: Não está dando muito certo essa sua estratégia de comentários. As pessoas não só não leem, como ainda reclamam. Agradeço aí se seguir essa ideia do Danilo em postar o link. Aí sim, se houver interesse, leremos.

    Sobre as ofensas, bom senso senhores!!!! Por Favor...

    Sobre a partidarização, impossível evitar. Todos nós tomamos partidos nas coisas. Fico mais que feliz em saber que o blog possui defensores das diversas tendências no país: da esquerda a direita, do PT ao PSDB (até o DEM né... rs), de charlistas a anti-charlistas, de cidadãos itaguaienses a cidadãos piranemienses (rs), de cidadãos comuns a políticos locais.

    ABAIXO A CENSURA!!!!!!!!! Não vai rolar Danilo.

    Vamos contar com a colaboração do pessoal...

    OBS: só ficará proibido o comentário anônimo, quando começarem as campanhas eleitorais (5 de julho, se não me falha a memória) pois o blog com certeza será monitorado pelo TRE.

    Vamos ao debate com bom senso!!!!!!

    ResponderExcluir
  14. KKKKKKKKKK

    Só o Lula para dar este presente(de grego), aos brasileiros:

    O Presidente do Senado, José Sarney(PMDB-AP), assume a Presidência da
    republica neste domingo com a viagem do Presidente Lula à Washington, no Estados Unidos, para participar de uma reunião de cúpula sobre segurança nuclear.
    O Globo.

    Como se já não bastasse Lula e todo o PT, defender Sarney de todos os escândalos, agora vai presentea-lo com a cadeira de Presidente da República.

    E aí petistas! cada vez mais orgulhosos do seu grande estadista.

    BRASIL, UM PAÍS PARADOXAL!

    ResponderExcluir
  15. Danilo Cabral de Aguiarsexta-feira, 09 abril, 2010

    Não se preoculpe sr. Neuci, estou vendo nesse momento reportagem do Jornal da Record em que o nosso vice-presidente, José Alencar não vai se candidatar ao senado, ou seja, assumirá a cadeira sempre que o Lula viajar!

    Bem, se o vicê dé um "treco" enquanto Lula estiver fora, aí é inevitável!

    ResponderExcluir
  16. ´´Alencar desiste de concorrer e Sarney não assume a Presidência´´

    Yara Aquino, Agência Brasil

    BRASILIA - Com o anúncio feito nesta sexta-feira pelo vice-presidente José Alencar de que não vai se candidatar a cargo eletivo nas próximas eleições, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não vai mais assumir a Presidência da República neste domingo (11), quando o presidente Luiz Inácio Lula da Silva viaja para os Estados Unidos. “Não vou ser candidato e não vou viajar. Assumo a Presidência no domingo”, disse Alencar.

    Terceiro na linha sucessória na ausência de Lula, Sarney assumiria a Presidência porque José Alencar e presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), sairiam do país para não ocuparem o cargo, o que os impediria de se candidatar nas eleições de outubro, como determina a Lei das Inelegibilidades.

    Alencar já havia programado uma viagem ao Uruguai no período em que Lula estaria fora do Brasil. Temer já estudava um destino para também se ausentar do país.

    Ao anunciar a decisão de não se candidatar, Alencar disse que não acha correto se concorrer a cargo eletivo por não estar cientificamente curado do câncer e ainda frequentar sessões de quimioterapia. Ele afirmou, porém, que se sente bem de saúde, apesar do tratamento contra a doença.

    16:53 - 09/04/2010


    ´´abraços raizes.ta ligado!!!´´

    ResponderExcluir
  17. BRASÍLIA (Reuters) - O vice-presidente José Alencar (PRB) anunciou nesta sexta-feira que não sairá candidato nas eleições de outubro. Ele havia demonstrado interesse em disputar o Senado e seu nome havia sido cogitado para o governo de Minas Gerais.

    Alencar alegou que não seria correto sair candidato porque
    ainda precisa passar por sessões de quimioterapia para tratar do câncer abdominal. A decisão foi tomada na noite de quinta-feira, após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


    Sobre a pré-candidata à sucessão presidencial pelo PT, Dilma Rousseff, disse que ela é "bem-informada", "dedicada" e executou um trabalho "admirável" à frente da Casa Civil. Afirmou, no entanto, que ela precisa aprimorar a comunicação.

    Ele elogiou o discurso da ex-ministra na última quinta-feira, em evento do PCdoB, mas comentou que Dilma costuma se estender ao explicar detalhes de suas propostas.

    "Os discursos devem ser como os vestidos das mulheres: nem tão curtos que nos escandalizem, nem tão longos que nos entristeçam", brincou.


    ´´BRASIL UM PAIS DE TODOS!!!´´

    ResponderExcluir
  18. Como o tema é "ficha limpa", aí vai uma bem suja:

    A ficha criminal da sucessora de Luiz Inácio Lula da Silva ao governo federal em 2010, a ministra Dilma Rousseff. Mas não se deixem levar por julgamentos precipitados. Apesar da fama de dura na queda, devemos ressaltar sua dedicação, sua capacidade de organização e liderança. Assim como Adolf Hitler e Osama Bin Laden. “Eu adorava circo e queria ser bailarina.” “Na década de 1960, durante o regime militar, Dilma Rousseff participou da luta armada, usando os codinomes de Estela, Luísa e Vanda, atuando em organizações clandestinas e terroristas de esquerda, como a Política Operária (POLOP), Vanguarda Popular Revolucionária e o Comando de Libertação Nacional (COLINA)., segundo consta na sua ficha criminal na Polícia paulista, no DOI-CODI.”

    Com passado pouco conhecido,
    a ministra envolveu-se em ações
    espetaculares de guerrilha e Terrorismo.
    Mulher de fala pausada, mãos gesticuladoras, olhar austero e passado que poucos conhecem. Até agora, tudo o que se disse a respeito da ministra dava conta apenas de que combatera nas fileiras da Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, a VAR-Palmares, um dos principais grupos armados da década de 60. Dilma Rousseff, no entanto, teve uma militância armada muito mais ativa e muito mais importante. Ela, ao contrário de José Dirceu, pegou em armas, foi duramente perseguida, presa e torturada e teve papel relevante numa das ações mais espetaculares da guerrilha urbana no Brasil — o célebre roubo do cofre do governador paulista Adhemar de Barros, que rendeu 2,5 milhões de dólares. Dinheiro que até hoje ninguém sabe onde foi parar(coisa do PTismo).

    ResponderExcluir
  19. A pré-candidata do Partido Verde à Presidência, senadora Marina Silva, criticou ontem a política do governo Lula de aproximação com o presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad.

    “O Brasil é a única democracia ocidental que tem dado audiência para o Ahmadinejad. A própria China não tem dado, nem a Rússia”, disse Marina, que está em Washington para participar de um evento de comemoração dos 40 anos do Dia da Terra.

    ResponderExcluir
  20. Morram com essa PTralhas!!!KKKKK

    O PT definiu ontem em seu Congresso a política de alianças em São Paulo, deixando aberta a porta para se unir a inimigos históricos: o representante do empresariado Paulo Skaf (PSB), presidente da Fiesp, o ex-tucano Gabriel Chalita (PSB) e o ex-prefeito Paulo Maluf (PP).

    KKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  21. “rede de corrupção tucana em SP pode explodir com o pedido oficial de quebra de sigilo no caso Alston. Esquema de pagamento de propinas inclui todos os governos tucanos desde 1995 até hoje. Lista de suspeitos é encabeçada por Robson Marinho, chefe da Casa Civil de Mário Covas,entre 1995 e 1997 e desde então conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Ao longo de sucessivas gestões tucanas, a Alston 'ganhou' licitações importantes no Estado de SP, entre elas a venda de trens para o Metrô. A contrapartida era o pagamento de milhões de dólares por consultorias fictícias a empresas e laranjas ligados a setores do PSDB.. No governo Serra aumentaram os negócios com a Alston: de R$ 51 milhões na gestão Alckmin para R$ 69,5 milhões .Entre os suspeitos de recebimento de propina figuram , além de Robson Marinho, Mauro Arce, atual secretário de Transportes do governo Serra; Jorge Fagali Neto, irmão de José Jorge Fagali , atual presidente do Metrô; o ex-secretário de Energia de São PAulo e ex-genro de Fernando Henrique Cardoso, David Zylberstajn e o homem de confiança de Serra, Andréa Matarazzo. http://nogueirajr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  22. O que o Governo José Serra (PSDB/SP) no Estado de São Paulo deixará de legado?

    A "revolucionária" lei que obriga feirantes a vender banana a kilo, em vez de vender por dúzia.

    O maior e mais longo Alagão de todos os tempos na história de São Paulo, por não limpar o Rio Tietê, nem os afluentes.

    Nunca se fez tantos pedágios e tão caros, como há em São Paulo.

    Os Piores Sálarios Do Brasil (sigla PSDB), devido ao arrocho salarial aos professores, policiais, profissionais de saúde, e ao restante do funcionalismo.

    A decadência econômica do estado de São Paulo. A opção pelo subdesenvolvimento ao cortar verbas da educação.

    O aumento da criminalidade, sobretudo no interior do estado.

    A cratera do metrô com 7 mortes.

    A venda de cargos na Secretaria de Segurança Pública, onde os policiais corruptos que pagassem 100, 200 ou 300 mil eram nomeados para postos chaves de cúpula da Polícia, onde rola muito dinheiro.

    O "asilo político" concedido ao traficante colombiano Abadia pelo grupo corrupto da Secretaria de Segurança Paulista.

    As constantes falta de água da SABESP, enquanto o gasto com propaganda corre solto.

    A "reforma no ensino" com livros didáticos contendo mapas errados, e conteúdo pornográfico distribuído para crianças de 9 anos.

    A criação de dispositivo de repressão política ditatorial dentro da Polícia Militar, nos moldes da Operação Bandeirantes (OBAN) da época da ditadura.

    Isso é só o começo. A lista é longa..
    Por: Zé Augusto

    ResponderExcluir
  23. Herança maldida do governador José Serra:EUA pedem que cidadãos evitem viajar ao Guarujá devido à violência

    O órgão do governo dos EUA responsável pela segurança de seus cidadãos no exterior recomendou, em comunicado, que os norte-americanos "evitem viajar" para quatro das maiores cidades do litoral paulista --Santos, Guarujá, São Vicente e Praia Grande-- até que a onda de violência da última semana esteja encerrada.O comunicado do Osac (Conselho Assessor de Segurança no Exterior), ligado ao Departamento da Defesa dos Estados Unidos, é baseado em informações coletadas pelo Consulado em São Paulo.Continue lendo no jornal tucano!!!

    Mulher morre baleada por motoqueiro em Santos
    Ataques na Baixada Santista deixam um morto e seis feridos
    Cinco são assassinados a tiros em São Vicente (SP)

    ResponderExcluir
  24. PSDB oferece à Paulo Maluf indicação de vice para Serra

    Um jantar na noite desta quarta-feira, reuniu o Deputado Federal Paulo Maluf com o presidente do PSDB, Sérgio Guerra. A parte da conversa que pôde ser divulgada girou em torno do apoio da sigla de Maluf em troca da indicação do vice de José Serra.

    O encontro acontece logo após Maluf sofrer condenação em primeira instância por um processo de furto de galinhas.

    O escândalo conhecido como "frangogate" deveu-se a compra superfaturada de frangos para a merenda escolar da prefeitura da capital paulista, em 1996. A compra de 1,4 t de frango custou R$ 1,39 milhão ao município. A empresa fornecedora das "penosas" pertencia à sua mulher e a uma de suas filhas.

    Maluf também foi incluído, no mês passado, na lista de procurados da Interpol, pela promotoria criminal de Nova York, que o acusa de "conspiração com objetivo de roubar dinheiro da cidade de São Paulo a fim de possuir fundos no Brasil, Nova York e outros lugares, e ocultar dinheiro roubado."

    ResponderExcluir
  25. O jornal francês Le Monde escolheu Lula como o Homem do Ano. Foi a primeira vez que deu este título a alguém. Por aqui, nossa mídia claramente partidarizada esperou a repercussão dos não alinhados e da blogsfera para repassar a notícia. Se dependesse dela, não contaria pra ninguém.

    Na mesma ponta, nossas pseudo elites se chocam a cada dia. Uma por causa do tal aumento do salário mínimo em "ano de eleição" e depois pelo óbvio: como pode um representante de uma classe operária, um presidente que abertamente apoia os pobres (sem sacanaear os ricos, diga-se) ser escolhido para tal comenda? Especialmente considerando que seu queridinho mór, o ex-nada FHC, nnunca teve seu nome e seu suposto prestígio reconhecidos por ninguém fora das linhas do Higienópolis e da USP?

    Mas o que é fato é fato. E Alice está morta. FHC cada vez mais triste e inconformado vai continuar dizendo por aí que Lula é como ele.

    Talvez ele tivesse mais apoio popular quando começasse a dizer que ELE é como Lula, ainda que saibamos que nada poderia ser mais distante da realidade. Mas dialética é dialética. Fernando O Segundo deveria ter aprendido isso em seus anos de "exílio".

    Porém, convenhamos, dominar a arte da política é para lula. FHC não passa de um jogadorzinho de várzea.

    ResponderExcluir
  26. PSDB adere ao minúsculo (18 segundos de TV) PSC de Joaquim Roriz. A campanha de José Serra vai deslanchar com a boa nova!

    PSDB adere ao minúsculo (18 segundos de TV) PSC de Joaquim Roriz. A campanha de José Serra vai deslanchar com a boa nova!
    Estadão.com.br
    “O presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), informou hoje que o PSC vai apoiar o tucano José Serra na disputa pela sucessão presidencial. Segundo o senador, o anúncio foi feito pelo presidente do PSC, Pastor Everaldo, durante conversa por telefone nesta tarde. O PSC tem 18 segundos no horário eleitoral gratuito, 26 deputados federais e um senador.” http://nogueirajr.blogspot.com/
    Serra está muito bem acompanhado: DEM do Arruda, o PP do Maluf já declarou apoio ao Serra, Roriz do PSC já ofereceu apoio e palanque, o PMDB do Quércia, a Yeda Crusius PSDB -RS, e o principal o príncipe das trevas FHC. Todos serão ministros do governo Serra se ele por uma imensa desgraça for eleito. Socorroooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!


    ´´HASTALA VITORIA,SIEMPRE!REVOLUTION´´
    (CHE,via 13)

    ResponderExcluir
  27. Os tucanos são muitos estúpidos, cretinos, hipócritas. Durante o lançamento da candidatura do Picolé de Chuchu ao governo de São Paulo, o que se viu foi um festival mentira, incoerência. Serra, ao discursar, disse que os aliados sujos estavam do lado de Dilma, de outro lado, os aliados limpos estavam ao seu lado.É verdade que do lado de Dilma há um bando de picareta, corrupto. Mas nada que se compare com os aliados de Serra. Vejamos:
    FHC, Eduardo Azeredo, Leonel Pavan, Teotõnio Vilela, José Roberto Arruda, ex-vice de Serra, Eliseu Padilha, Joaquim Roriz, Flecha Ribeiro, Sérgio Guerra, Lucas Veloso, Marconi Perillo, Cícero Lucena, ACM, Aleluia, Yeda Cruzes, Orestes Quércia, Afif Domingos, Agripino Maia, Almir Gabriel, Artur Virgílio, Tasso Jereissati, Júlio Campos, Antero Paes de Barros, Ricardo Sérgio, Mendonça de Barros, Roberto Freire, Raul Jungmann, Augusto Carvalho, Edmar Moreira, Cássio Cunha Lima, Barjas Neto, Platão Fischer e Daniel Dantas.
    Boa parte deles envolvido com toda sorte de corrupção.E boa parte conivente com a corrupção dos amigos.São esses os aliados que Serra diz que são limpos.Só sendo brincadeira desse vampiro.

    ResponderExcluir
  28. MENSALÃO DO DEM: Deputados não aparecem e CPI da Corrupção fica sem investigar mensalão do DEM

    Criada há cinco meses e ainda sem ouvir os principais envolvidos, os deputados da CPI da Corrupção do Distrito Federal adotaram a tática de não comparecer às sessões para esvaziar as investigações contra os ex-governadores José Roberto Arruda (sem partido) e Joaquim Roriz (PSC), citados no inquérito que investiga o mensalão do DEM. Aliados de Arruda e Roriz, há duas semanas os deputados não se reúnem por falta de quorum, apesar de toda quarta-feira ter uma reunião ordinária. Hoje, mais uma vez, ninguém apareceu na CPI para trabalhar, com exceção do relator Paulo Tadeu (PT). "Isso é uma manobra, é tudo que vocês quiserem falar e mais alguma coisa. Ninguém justifica ausência", afirmou o relator da CPI.
    O deputado Alberto Fraga do DEM amigo do Arruda, lançou candidatura a governador do DF. Justificou que não é justo o Serra ficar sem palanque no DF.
    Serra, Arruda, Fraga, Roriz, FHC, DEM, PSDB. Socorroooooooooooooooo!!

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item