Conheça os candidatos a governador do Rio e as novas regras

A propaganda eleitoral está liberada a partir desta terça-feira (6) nas ruas e na internet. No Rio de Janeiro, seis candidatos concorrem ao ...

A propaganda eleitoral está liberada a partir desta terça-feira (6) nas ruas e na internet. No Rio de Janeiro, seis candidatos concorrem ao governo. A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão começa no dia 17 de agosto.

O governador Sérgio Cabral é apoiado por 16 partidos. Ele foi deputado três vezes e ocupou a presidência da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), antes de ser eleito senador. Ele é governador do Rio desde 2007. Cabral declarou ter um patrimônio de R$ 843 mil e prevê gastos de R$ 25 milhões na campanha.

O jornalista, escritor e deputado federal Fernando Gabeira concorre pelo PV. Ele participou da luta armada contra a ditadura e retornou ao país com a lei da anistia. Gabeira já foi candidato a governador, prefeito e presidente da república. Ele é apoiado por quatro partidos e declarou patrimônio de R$ 58.900 mil e também prevê gastos de R$ 25 milhões.

Fernando Peregrino é o candidato do PR. Presidente do Instituto Republicano do PR, Peregrino é engenheiro e foi secretário estadual de Ciência e Tecnologia, além de chefe de gabinete da ex-governadora Rosinha Garotinho. Apoiado por dois partidos, ele declarou patrimônio de R$ 83 mil e prevê gastar na campanha no máximo R$ 5 milhões.

O PSOL será representado por Jefferson Moura. Mestre em política social pela Uerj, sociólogo e administrador hospitalar, é funcionário concursado do Tribunal de Contas do estado há mais de 15 anos. Ele declarou patrimônio de R$ 250 mil e gastos em campanha de R$ 500 mil.

Também concorre ao governo, pelo PCB, Eduardo Serra, que é professor da Ufrj e engenheiro de produção. Pelo PSTU, Cyro Garcia, ex-presidente do Sindicato dos Bancários do Rio, participa pela oitava vez de uma eleição.


Novas regras
As regras mudaram para as eleições deste ano. A campanha vai ter novidades autorizadas pela Justiça Eleitoral. Entre elas, o uso maior da internet.

“O que é permitido é o uso dos sites, de relacionamento, dos blogues. Não há nenhum tipo de restrição. A restrição que existe é exatamente a utilização de sites de pessoas jurídicas, de sites pagos”, disse Luiz Márcio Pereira, coordenador de propaganda e fiscalização do TRE.

Outra novidade é a autorização para que objetos, como placas e bonecos, possam ser instalados nas vias públicas, desde que não comprometam a circulação de pessoas e veículos. Também já estão autorizados os comícios e carreatas e a panfletagem, desde que fora de locais como clubes, cinemas e igrejas.

A Justiça Eleitoral proíbe, no entanto, a utilização de outdoors para campanha e a distribuição de brindes. Faixas e galhardetes só podem ser colocados em imóveis privados, e de modo algum em viadutos, postes e passarelas.

O juiz do TRE disse que as forças de segurança federais e estaduais já trabalham em conjunto com a Justiça Eleitoral para reprimir a interferência de milicianos e traficantes nas eleições. Irregularidades na campanha podem ser feitas pelo telefone 2533-9797.

http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/07/conheca-os-candidatos-governador-do-rio.html

Postar um comentário

  1. Olá!

    Leia em meu blog matéria sobre a importância da preservação do patrimônio histórico e concorra R$ 1.000,00 em prêmios. Acessar em: www.valdecyalves.blogspot.com

    (DORAVANTE SÓ SEGUIREI BLOGS QUE ME SEGUIREM - IMPORTANTE SOMARMOS E QUE SE SOMEM A NÓS - FORMANDO UMA VERDADEIRA REDE VIRTUAL - RECIPROCIDADE - SINTONIA)

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Nessa conjuntura formada para o governo do Estado, acho que vai dar Sérgio Cabral.

    Mais uma vez não votarei no melhor mas no menos pior. Também não votaria no Garotinho.

    Alguns anos atrás eu votaria sem pestanejar no Gabeira mas ele está se aliando ao lado escuro da força: Os tucanalhas, o DEMO (que com sua grande líder Kátia Abreu, fez-se aprovar o Novo Código Florestal que vai destruir a natureza do Brasil em benefício dos produtores rurais) e o PPS (ex-comunista e atual roubertista).

    Imaginem o DEM com a vice-presidência do Brasil nas mãos...

    ResponderExcluir
  3. Lendo o post do Política de Itaguaí sobre as "opções" para o governo do estado, fiquei desapontado, acreditava que as eleições estaduais iriam ferver!!!!!!!!!

    Com Sérgio Cabral e Garotinho disputando voto a voto no primeiro e no segundo turno, com direito a socos e pontapés nos debates na TV e no Rádio, com a militância na rua degradiando-se pelo voto....ilusão!

    Sergio Cabral já estará eleito no primeiro turno! Respeito Gabeira peço sacrifício pessoal em perder uma reeleição certa para a Câmara dos Deputados e até mesmo para o Senado para fazer bancada para José Serra!

    ResponderExcluir
  4. Prefeito do DEM declara apoio a Dilma e ataca tucanos

    “José Francisco Neto falou durante um jantar de apoio à petista em São José do Rio Preto

    O prefeito do município paulista de Tanabi, José Francisco de Mattos Neto, que é do DEM, roubou a cena nesta quarta-feira (7) durante um jantar que reuniu empresários e políticos que respaldam a candidatura da petista Dilma Rousseff à Presidência. O encontro foi realizado em São José do Rio Preto.

    Neto, cujo partido é o principal aliado do PSDB, não apenas declarou apoio a Dilma, mas fez duras críticas à gestão tucana em São Paulo.

    - São duas décadas de desmonte do Estado e de sucateamento do serviço público.

    O prefeito afirmou que Dilma é a candidata mais preparada para assumir a Presidência e garantiu que os servidores públicos estão mobilizados para eleger o senador Aloizio Mercadante, também do PT, governador do Estado.”

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item