Sessão da Câmara de Vereadores de Itaguaí: 11/11/2010 - Segundo Jornal Atual

Jornal Atual , 12 de novembro de 2010. Mesmo antes de iniciar os trabalhos da sessão de quinta-feira (11) da Câmara de Vereadores de Itagua...

Jornal Atual, 12 de novembro de 2010.
Mesmo antes de iniciar os trabalhos da sessão de quinta-feira (11) da Câmara de Vereadores de Itaguaí, o clima ficou tenso após o vereador Jorge Luís da Rocha, o Jorginho Charlinho, questionar a legitimidade da ata das sessões da Casa. O parlamentar cobrou do presidente Vicente Rocha, que a leitura do documento fosse feita do livro de registro da mesma e não da que tem sido transcrita.

Jorginho solicitou ao presidente que suspendesse a sessão até que o livro fosse atualizado. O presidente Vicente Rocha discordou dos argumentos dos vereadores e disse que a ata é a mesma. "Os vereadores sempre fizeram essa leitura".

Após toda a discussão, o presidente colocou em votação o pedido do vereador Jorginho para suspender a sessão. Por cinco votos, o pedido foi negado. Não satisfeito com a decisão, o vereador Jorginho, disse que as coisas na Casa vão mudar. "Estou pedindo que essa questão seja resolvida internamente, se não for acatado esse meu pedido, amanhã irei à Justiça."

Diante da votação que negou o pedido, o vereador Jorginho, Silas Cabral se negou a ler a ata. "Sem o livro eu não vou ler e vou provar pra Vossa Excelência amanhã que esta sessão de hoje é nula."

Vereador promete levar o caso ao MP e à Justiça

Jorginho, depois de pedir a Ata, verificou que ela está há quase uma semana sem ser redigida e teme que possa haver inclusões indevidas: "E se colocarem um papel no meio dessas atas que ainda não foram redigidas. O que vale realemente é que tem que estar no livro", ponderou o parlamentarm que, após deixar a sessão, afirmou, foi ao Ministério Público prestar denúncia: "Não tinha promotor naquela hora, mas amanhã (12/11) vou ao MP e, depois, entrar com ação na Justiça pedindo busca e apreensão das atas, além de pedir perícia para verificar a autenticidade de todas as atas".

por Welington Campos - Jornal Atual

Notícias Relacionadas

Sessões da Câmara 4711851321082115058

Postar um comentário

  1. quem olha isso, pensa até que ele seja um legítimo representante do povo no legislativo. quantas leis foram apresentadas pelo Jorginho? só vi ele levando para seu nome, projetos do governo municipal. além de usar o nome do prefeito para chegar a Câmara de Vereadores, ainda fica usando as ideias, os projetos e Deus queira que seja só isso tudo

    ResponderExcluir
  2. Caramba! Há tantos temas de relevância que poderiam ser debatidos, discutidos, pelos representantes do povo...Quanta babozeira...Vamos discutir a saúde, a dengue, os problemas urbanos da cidade, os salários dos servidores que ninguém fala nada..Cadê o concurso público..o meio ambiente que está sendo devastado..UFA!!! Quanta palhaçada!

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que as pessoas estão dando a minima pra esse caso.
    O Jorginho do Charlinho pode não ser o vereador dos nossos sonhos, porem é muito feliz em fiscalizar a casa da qual foi imcubido para legislar.
    Gente como podem realizar uma sessão sem a "ATA"?
    Isso é um absurdo, antiético e antiprofissional.
    Será que podem nos transparecer os nomes de quem votou contra essa decisão do Ext°, Vereador Jorginho do Charlinho?

    ResponderExcluir
  4. ele só está fazendo esse showzinho por causa das eleições para a mesa da Câmara que será em breve. Ele quer dar uma de o correto. Nessa situação realmente ele não deixou de ter a razão só que dizer que ele está cumprindo o seu papel como vereador é demais né. Ele cumpre somente o papel de capachão do Dom Charles.

    ResponderExcluir
  5. O bobo da corte não surge por iniciativa individual de algum homem engraçado. Antes deve ser entendido como um fenômeno cultural e expressão da irreverência popular coletiva, principalmente quando critica o comportamento do senhor rei. O bobo representa o direito dos súditos de manifestar-se com liberdade diante do poder reinante. Do outro lado, corresponde à vontade do rei de saber o que se passa na cabeça e no coração do povo.

    ResponderExcluir
  6. o que esse moço tem feito além disso!?

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item