Vereadores de Itaguaí aprovam o retorno as 17 cadeiras

Na sessão de hoje, 13 de dezembro de 2012, foi aprovado o parecer que revoga o retorno as 11 cadeiras. Agora o documento será encaminhad...

Na sessão de hoje, 13 de dezembro de 2012, foi aprovado o parecer que revoga o retorno as 11 cadeiras.

Agora o documento será encaminhado ao TRE e tudo indica que na quarta, 19 de dezembro de 2012, as 9h no Teatro Municipal, sejam diplomados 19 vereadores ao invés dos 11 divulgados anteriormente.

Veja a lista dos que podem chegar a Casa com essa mudança clicando AQUI. Lembrando que os nomes corretos dependem de cálculos que o TRE fará de acordo com o quociente eleitoral.

Tudo ainda está meio confuso mas podemos acreditar que Itaguaí realmente terá suas 17 cadeiras na Câmara Municipal.

O Blog agradece aos vereadores Vicente Rocha e Carlos Kifer pelas informações prestadas.

Notícias Relacionadas

Vereadores 343392382742892092

Postar um comentário

  1. Você pode postar os vereadores que irão entrar, caso entre 17 vereadores?

    ResponderExcluir
  2. Palhaçada é não permitir dar oportunidade para outros pessoas mostrarem seus trabalhos. É querer viver na mesmice.

    ResponderExcluir
  3. e viva o festival de funcionários efetivos na prefeitura!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. e viva o festival de funcionários efetivos na prefeitura!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. ARTIGO 45 DA LEI ORGANICA DO MUNICIPIO DE ITAGUAI, SOBRE IMPROBIDADE ADIMISTRATIVA VISERAM 6 NOVOS GABINETES NA CAMARA UMA REFORMA DE 82O MIL REAIS SE NAO FOR 17 OS 11 ATUAIS PODEM PERDE SEUS MANDATOS,SERAM CASSADOS E FOCARAM INELIGIVES POR 8 ANOS

    ASS. GURUNEITE

    ResponderExcluir
  6. Decepcionado com a Políticasábado, 15 dezembro, 2012

    Espero que os amigos que tenho na Câmara não levem para o lado pessoal, mas é incrível como os vereadores ignoram os critérios de vigência da Lei no tempo e no espaço, que são regulados pela então chamada nos meus tempos de acadêmico de LICC e me falha a memória quanto a atual nomenclatura, mas a lei é a mesma.
    Mas, a regra geral é que a Lei não retroage (lei em sentido lato, lei propriamente dita, lei complementar, decreto legislativo...), salvo as exceções do direito penal, onde a nova lei beneficia o acusado ou o condenado.
    Desta forma é óbvio que não vai ser a revogação que aumentará para a próxima legislatura o nº de vagas.
    Na justiça sim, se souberem utilizar os instrumentos corretos, poderão conseguir, posto que também por ignorar essas regras de vigência da lei, o decreto legislativo que diminui os assentos de 17 para 11, também é ilegal para a próxima legislatura, mas o direito não socorrem os que dormem.
    Mas, se ao que parece os que tem legitimidade para discutir, não conhecem das regras de vigência da Lei, muito menos devem conhecer das regras processuais.
    Não sei o que é pior, se é crer que esse novo decreto legislativo deriva de ignorância quantos as regras de vigência da lei ou de manifesto estelionato legislativo.

    ResponderExcluir
  7. Qual será o real desejo , o mais excuso , o que não pode ser confessado. Será essa atitude em prol do crescimento de Itaguaí ,ou será em benefício próprio? Será que3 o desejo dos 11 ou dos 17 está relacionado como bem estar do POVO ou com o seu próprio ? Essas questões me afligem profundamente. Pois como dizia um personagem da TV é a ignorância que "astravanca" o progresso.

    ResponderExcluir
  8. Sou o prodigio; A verdade é que o prefeito Charlinho pediu para o presidente da Cãmara o Jorginho revogar a leipara 17 assim ele conseguiria mandarna cidade com os seus cavaleiros que irião entrar (Zezé, Zé Domingos, Parrola, Silas, Beto da reta e Prof. William César) e iria se juntar com Kifer para ser o presidente mais Genildo, Jailson e assim teriam maioria (9) contra menoria(7, mas essa matéria e 2/3 ou seja teria que ser aprovada por 8 vereadores no mínimo e ai se formou a inconstitucionalidade só 6 vereadore estavam presente obtendo assim 5 votos pois o presidente não vota. Acorda querem passar quem para trás, a era de vcs já era, vcs não dominam mas nada, vcs querem ir contra a decisão do TSE que é 11 a cãmara não tem poder para julgarcabe no mínimo a esfera estadual (TRE regional no Rio). Não é 17, não é 19 e sim 11 se não vai ter q mudar tudo (coeficiente eleitoral, legenda) e os que não puderam vir porque não tinha vaga no partido ou até mesmo desistiram pois a chance era menor vãoficar no prejuizo. Nãoooooooooo basta A ditadura a nossa carta de alforria começa no dia 01/01/13, se Deus quiser nunca mais essa cordia aterriza nessa cidade maravilhosa.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item