A Saúde em Itaguaí será gerida por uma OSS (Organização Social de Saúde) - Privatização mas com atendimento público e gratuito para a população (VISITE O BLOG E ENTENDA)

Na Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de hoje, 11 de junho de 2013, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores, a autorização par...

Na Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de hoje, 11 de junho de 2013, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores, a autorização para a Prefeitura de Itaguaí abrir o processo para a contratação de uma ORGANIZAÇÃO SOCIAL DE SAÚDE, que irá gerir a saúde em Itaguaí. Até mesmo alguns vereadores que poderiam não apoiar tal iniciativa fizeram questão de estar presentes para ajudar!

A Secretaria de Saúde de Itaguaí irá fiscalizar o cumprimento do contrato, contando com o apoio do Conselho de Saúde e da Comissão de Saúde de Itaguaí.

Isso é uma privatização! Modelo de administração do PSDB e que em muitos casos deu certo mas em outros não. Vamos aguardar as movimentações futuras para, parabenizar se foi uma atitude certa mas vamos criticar se der errado.

Listamos abaixo, alguns links, onde o cidadão poderá clicar e entender melhor o que sejam essas OSS:

- Organizações Sociais de Saúde - http://www.transparencia.sp.gov.br/organizacoes.html
As Organizações Sociais de Saúde (OSS) são instituições do setor privado, sem fins lucrativos, que atuam em parceria formal com o Estado e colaboram de forma complementar, para a consolidação do Sistema Único de Saúde, conforme previsto em sua lei orgânica - Lei nº 8080/90.

Consulte aqui a lista das Organizações Sociais de Saúde Qualificadas, Contratos de Gestão, Termos Aditivos e outras informações a respeito.

- http://www.saude.sp.gov.br/ses/acoes/organizacoes-sociais-de-saude-oss

- AS ORGANIZAÇÕES SOCIAIS E AS PARCERIAS NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: O CASODE UBERLÂNDIA-MG

- ASORGANIZAÇÕES SOCIAIS NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE SAÚDE PÚBLICA EM UBERLÂNDIA (MG)
 
- Organização Social em Saúde-RJ abre Processo Seletivo

- Organizações Sociais: entidades discutem prós e contras

- Sindimed protocola ACP contra as Organizações Sociais

- Projeto da Organização Social de Saúde é aprovado

-

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Itaguaí 7220682163137588866

Postar um comentário

  1. Sabem porque Minas Gerais (UBERLÂNDIA) prevalece as organizações governamentais? Por que o ESTADO é AUSENTE nas políticas públicas e não tem competência para administrar! A Lei nº8080/90, garante as ONG"s quando a demanda reprimida é comprovada por diagnóstico e serviços especializados podem e devem ser tercerizados para atender a rede de serviços PÚBLICOS! Acordem cidadão!

    ResponderExcluir
  2. Esqueceram dos concursados da Saúde é...

    ResponderExcluir
  3. Agora é o fim, Privatizar é assumir a sua incopetência em administrar.
    Tava demorando muito alguem levantar essa bola de OSS. Será que é por isso que a saúde está um CAOS? Para dar argumeto para privatização? E os concursados? A conta vai ficar alta!

    Ass: Servidor preocupado

    ResponderExcluir
  4. ATENÇÃO CONCURSADOS EMPOSSADOS OU NÃO!!!

    Se esta informação for verdadeira, muito provavelmente seja um dos motivos da demora em concluir o processo relativo ao concurso 2011 na área da saúde. E aos já empossados e trabalhando, possivelmente, salvo erro, serão gradativamente incluídos num programa de transferência de vínculo, tendo que optarem pelo serviço público com salário menor ou ser funcionário da OSS com salário dobrado!!! Isso é sucateamento do serviço público. Já estou acionando o sindicato dos assistentes sociais para entrarmos na luta!!! E vocês???

    http://www.politicadeitaguai.com.br/2013/06/a-saud-em-itaguai-sera-gerida-por-uma.html

    ResponderExcluir
  5. Socorro! Itaguaí quer privatiza a saúde! Fora neoliberalismo decadente! O país já provou que privatizar só interessa quem vai ficar com a maior fatia do bolo.

    ResponderExcluir
  6. Estou com vc Fábio, é uma vergonha... nós funcionário público sabemos como foi feito no RJ... um caos completo. Acorda povo de Itaguaí !!!!!!

    ResponderExcluir
  7. OSS... são instituições do setor privado, sem fins lucrativos .... fala serio, sabemos bem que uma OSS custa para os cofres publicos o triplo da folha de pagamento...essa história é para iludir o povo....

    ResponderExcluir
  8. E agora Estatutarios do Hospital São Francisco..... para onde vamos ?????? pois sabemos que uma OSS não pode nos administrar .... vamos ser jogados aonde ???????? e os que ainda estão para ser chamados?????? e os concursados do ultimo concurso, para onde vão???????
    Quando achamos que não pode piorar ...... vemos hoje, que pode sim, piorar muito... e piorou......
    Vamos ficar sentados esperando pela decadencia do serviço publico???? calados sem nos manifestar......Acorda povo de Itaguaí....uma andorinha só não vais dar conta....

    ResponderExcluir
  9. Tava demorando!!!

    As OSs significam a total incompetência do poder executivo em gerir a saúde, educação, lazer e outros serviços.

    Também com a Sra Secretária sendo EXPERT saúde, SUS, pactuação, gestão plena, pizzarias...

    OS Significa a terceirização da saúde. Uma OS pode fazer obra no hospital, contratar, demitir, gerir exames, etc. Sempre sob supervisão da Secretaria de Saúde.

    Na prática não funciona.

    A própria câmara dos vereadores do Rio se ARREPENDEU em votar o projeto OSs em 2009. Hoje a cidade do Rio cria a RioSaúde SA, Empresa pública de direito privado para a administração da saúde. Será uma nova experiência.

    Vamos insistir no erro em contratar OSs...

    As OSs não resolvem o problema da saúde. Criam uma bela maquiagem, um serviço de hotelaria bacana, contratam, demitem... NA REALIDADE, Vão fazer muito menos do que o esperado.

    Esperem para ver o valor MILIONÁRIO do contrato que a prefeitura vai firmar com a OS que ganhar a licitação.

    O que resolve o problema é boa vontade e conhecimento da administração.

    Quanto aos estatutários não se preocupem: continuarão trabalhando exatamente onde estão. A OSs vai fornecer pessoal somente para COMPLETAR o quadro de funcionários, onde há déficit.

    Certamente haverá diferença salarial entre o estatutário e o contratado. Fazer o quê né?

    A propósito, o texto no site da prefeitura tem ERROS DE PORTUGUÊS BIZARROS...

    E Salve a incompetência...

    ResponderExcluir
  10. Concordo com Ana Cristina, pois já estou pensando quando chegar nas Unidades de Saúdes da Família, Postos de Saúde e Departamentos Administrativos, de Saúde Coletiva e DST/AIDS e por aí vai... Somos funcionários públicos e temos que estar atentos, pois saúde não se resume apenas no Hospital e vai sobrar para todos nós. Farei a mesma pergunta de Ana Cristina, para onde nós vamos???????? Fiquemos atentos e com posicionamentos de base legal!

    ResponderExcluir
  11. Alguma coisa precisava ser feita pela saúde em Itaguaí.Se vai dar certo ou não ,só o tempo dirá.Por enquanto só o pessoal da saúde esta reclamando antecipadamente.Talves se todos os profissionais de saúde tivessem feito sua parte , não fosse preciso esta atitude do Prefeito.Toda tentativa de modificar o quadro atual é valida...Hoje o que se vê são médicos faltosos ,tratando mal as pessoas que necessitam dos serviços.Funcionários ,em sua maioria,displicentes e com uma grande má vontade em relação aos pacientes.Querem ser efetivos para garantir um emprego pro resto da vida,as pessoas que necessitam dos serviços ,que se danem. Vamos torcer para que dê certo.Depois do Governo sagario , o que se viu foi um total desrespeito do Governo Charlinho com a saúde do Municipio.Só fez obras no São Francisco,tres ou quatro vezes, Litoranea assumindo tudo , Charlinho se enchendo de dinheiro , saúde nota zero e ninguem falava nada...Parabens Prefeito Luciano Mota pela tentativa de acertar,o resto só o tempo dirá.

    ResponderExcluir
  12. Eco e demais participantes,

    O tempo não dirá... o tempo já diz muita coisa, os olhos é que parecem não enxergar e as cabeças pensantes estão certas ao criticar a privatização da máquina pública, afinal, o que estamos precisando seja na área da Saúde, Educação, Segurança, Transporte...
    São Políticas Públicas que primem pela Igualdade e Justiça Social.
    Ah! Lembre-se que nenhum governo no mundo será 100%... por isso não devemos nos deter ao governo anterior, até porque não apresentou somente falhas... Você sabia que no governo anterior a Merenda Escolar ganou prêmios consecutivos de melhor merenda do Brasil pelo MEC, que a maioria das escolas muncipais alcançaram a meta do IDEB e que ainda deixou de herança um programa da Positivo que estará sendo colocado em prática nas escolas, enfim, todos temos pontos negativos e positivos, certo... só mais uma coisa... talvez é com z e não com s.

    Cabeça Reflexiva

    ResponderExcluir
  13. COMO É QUE É????? ENTIDADES DO SETOR PRIVADO, SEM FINS LUCRATIVOS?????????/
    QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA QUA....É POR ESTAS E OUTRAS QUE O POVO ESTÁ NAS RUAS.......QUEM ACREDITA NISSO?

    ResponderExcluir
  14. JUSTIFICAR ESTA ABERRAÇAO COM "ALGUMA COISA PRECISA SER FEITA" É DEMAIS.......O FATO É QUE ATÉ O PRESENTE MOMENTO ITAGUAI ESTA JOGADO ÀS MOSCAS....A CAMARA CUMPRE SEU PAPEL HABITUAL : VACA DE PRESÉPIO...GOSTARIA DE ESCUTAR A OPINIAO DE NOSSO AMIGO E VICE, O WESLEY, A QUEM MUITO PREZO E AINDA CONFIO, POIS O PROJETO NAO ERA ESTE...

    ResponderExcluir
  15. É VERDADE WALTER, O PROJETO E AS PROMESSAS POLITICAS NÃO ERAM ESTAS... DE PRIVATIZAR A SAÚDE PUBLICA DO MUNICIPIO... EU TAMBÉM GOSTARIA DE OUVIR, PUBLICAMENTE O VICE PREFEITO, POIS MUITOS MUNICIPES CONFIARAM NELE PARA VOTAR.
    UMA OSS, SÓ ATENDE A QUEM VAI LUCRAR E MUITO COM ELA. ESTOU MUITO DECEPCIONADA COM A CAMARA MUNICIPAL, EU CONFIAVA EM UMA PESSOA LÁ, MAS A VOTAÇÃO FOI POR UNANIMIDADE......

    ResponderExcluir
  16. Luiz Ricardo -cidadão itaguaiensesexta-feira, 21 junho, 2013

    Quanto vai custar para o Município o contrato com a OSS "sem fim lucrativo" governar a saúde ????? (pelo que sei não é permitido por lei!!) Fica a pergunta para REFLEXÃO.

    ResponderExcluir
  17. Vice do mesmo partido não apita nada,imagina de outro...Como pode alguém que se diz petista ser vice de um tucano???E se fosse um tucano com o mínimo de visão social-política...Mas alguém que surge do nada,empurrado por grupos opostos à gestão anterior,é bizarro!!!Lembra até quando
    elegeram o Collor de Mello,alienação total.E o pior de tudo,é que não aprendem com os erros,que são
    normais,porém,ocorrem para se refletir e tentar não errar mais.Enfim...fazer o quê???

    ResponderExcluir
  18. Passou-se um semestre e nada! Nada! Nada! E o povo? Nada, nada e nada! No lixo! No caos! Sem manutenção das ruas voltará a pisar na lama! E querem privatizar a Saúde!!!!!!

    ResponderExcluir
  19. E NADA MESMO.... TUDO CONTINUA IGUAL, PARECE QUE NÃO HOUVE MANIFESTAÇÃO ALGUMA, .......... DÁ A IMPRESSÃO QUE ELES FALARAM ASSIM... "DEIXA ELES MANIFESTAREM ... VAMOS CONTUNUAR COM TUDO QUE ESTAMOS FAZENDO...."

    ResponderExcluir
  20. Sindimed protocola ACP contra as Organizações Sociais
    O registro foi feito na 18ª Vara Cível no Gumercindo Bessa

    Sindimed protocola ACP (Foto: Ascom Sindimed)
    O Sindicato dos Médicos de Sergipe (Sindimed) protocolou na manhã desta terça-feira, 11, no Fórum Gumercindo Bessa, a Ação Civil Pública contra as Organizações Sociais (OS). O registro foi feito na 18ª Vara Cível, comandada pela juíza Elvira Almeida. A classe médica entende que a lei municipal não estabelece critérios para os contratos, assim como também coloca em risco os bens públicos, que são impenhoráveis.

    De acordo com o presidente do Sindimed, João Augusto, na Ação a classe mostra as três vertentes que colocam em dúvida e aplicação das OS´S. “A gente mostra a lei orgânica do Município, a própria Lei Federal e o fim do concursos. Em São Paulo já existem as OS´s, mas ela ainda está em estudo para ver se ficou mais barata, já que eles alegam que os custos reduzem”, entende.

    João Augusto explica ainda, que a categoria possui vários indícios que os levam a ser contra a criação das OS´s. “Esse projeto não trará benefícios estruturais baseado nos local que já vivem essa experiência. Já sabemos que em Salvador, por exemplo, a maternidade que foi visitada pela prefeitura está enfrentando problemas judiciais no Ministério do Trabalho, pois os médicos de lá estão sem receber salários e sem carteira de trabalho assinada. Tudo consequência das Organizações Sociais. Após uma palestra dada pela Secretaria Municipal da Saúde, a qual participou um promotor de justiça do estado de São Paulo, constatamos que a OS não é a solução. O Promotor de justiça mostrou os dois lados e fortaleceu ainda mais os nossos pensamentos”, disse João Augusto.

    Por Eliene Andrade


    ACORDA POVO DE ITAGUAÍ.....A OSS JÁ FOI APROVADA PELA CAMARA...

    ResponderExcluir
  21. e Alguem sabe que OS é essa que irá entrar em Itaguai?

    ResponderExcluir
  22. E alguém sabe que OS é essa que irá entrar em Itaguai?

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item