A maturidade política - por Aramis Brito

Por Aramis Brito   Política não se faz com ódio, política não se faz com desejo de vingança, política não se faz sem conhecimento, pol...

Por Aramis Brito 

Política não se faz com ódio, política não se faz com desejo de vingança, política não se faz sem conhecimento, política não se faz com segundas intenções, política não se faz obcecado pelo poder, política não se faz alimentando boatos e fofocas, política não se faz sem propostas, política não se faz tendo como motivação se tornar um meio de vida, política não se faz para satisfação do ego. Para se fazer uma política consistente primeiro tem que se definir a questão motivacional, esse ponto é importantíssimo, a boa política precisa estar fundamentada no serviço, na disposição para desenvolver uma administração e propostas de leis que beneficiem diretamente a população, eu vejo muita gente entrando no política com a motivação para ficar rico, para roubar o dinheiro público se capitalizar e não perder mais nenhuma eleição, você que está lendo esse artigo faça um teste, converse com vários políticos e perceba que eles não falam em mudanças estruturais, não falam em choque de gestão, não falam em criação de leis que beneficiem a população, não falam sobre a cidade, você perceberá que eles só falam dos seus projetos pessoais de manutenção no poder, isso revela que a motivação deles não visa o bem comum, não visa o desenvolvimento do municipio, não visa solucionar os gravíssimos problemas que a cidade apresenta. Depois da questão motivacional vem os projetos e as propostas para cidade, para região, você leitor pode observar que a grande maioria dos políticos com mandatos e sem mandatos quase não apresentam propostas, raríssimos são os que apresentam algum projeto, isso mais uma vez revela que a cidade não está em primeiro lugar para eles, revela que para a maioria a política se tornou um negócio altamente lucrativo, o caminho a ser percorrido tem que passar inevitavelmente por uma mudança de mentalidade, a vida pública não pode continuar com esse modelo circense onde os mágicos e os trapezistas fazem o povo de palhaço. A construção de um novo modelo se faz urgentíssimo nesse tempo que se chama hoje.

Por Aramis Brito - Colunista do Blog Política de Itaguaí   
 
 
 

Notícias Relacionadas

Política 4354484828426672078

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item