Vice-prefeito Weslei afirma que Itaguaí está agonizando e só os heróis servidores públicos é que estão conseguindo manter a administração municipal - LEIA ENTREVISTA COMPLETA PARA O JORNAL ATUAL

Jornal Atual, 22 de agosto de 2014 Há quem o critique por ter entregue o gabinete e não permanecer na prefeitura. Essa atitude era nece...

Jornal Atual, 22 de agosto de 2014

Há quem o critique por ter entregue o gabinete e não permanecer na prefeitura. Essa atitude era necessária depois do rompimento com o prefeito? 

Weslei Pereira - De fato o Gabinete faz parte da minha estrutura legal, assim como os assessores, além de outras questões. Mas o fato de abrir mão de tudo isso e não estar no prédio da Prefeitura, entre outros motivos, é porque não há a menor possibilidade de compartilhar decisões com um prefeito que sabidamente vem acumulando a cada dia mais indícios de corrupção. Desde então venho cumprindo meu expediente diariamente no escritório que aluguei no Shopping Itaguaí, sala 430, 4º andar.

O Senhor vê algum avanço na gestão municipal desde a sua saída? 

Weslei Pereira - A nossa cidade está agonizando. A nossa economia está atrofiada e os serviços públicos estão inoperantes. O caos só não se instalou definitivamente por conta dos nossos servidores públicos, verdadeiros heróis que resistem à falta de um planejamento estratégico e de um modelo de gestão público.

Que futuro o senhor vislumbra para essa administração? 

Weslei Pereira - O Luciano Mota é um caso perdido! Ao que tudo indica, os interesses que ele defende não são os da cidade de Itaguaí.

Já há quem cogite a volta do ex-prefeito Charlinho, como o senhor vê isso? 

Weslei Pereira - Acho natural. Quando você compara o horrível com o ruim você escolhe o menos pior. Não foi à toa que mais de 60 mil pessoas, de um total de quase 84 mil, não quiseram a continuidade da gestão anterior!

Independente de sua condição de agente político, que análise o senhor faz, como munícipe, da realidade de Itaguaí hoje? 

Weslei Pereira - Nos últimos 10 anos a nossa cidade vive uma realidade muito triste. Estamos há 10 anos sem uma Central de Hemodiálise, sem praça, sem transporte na madrugada, sem tomógrafo, sem valorização do servidor público, sem trânsito organizado, sem um plano de ação na segurança pública, sem tratamento de esgoto, sem faculdades, sem um modelo para atrair investimentos, sem postos de saúde 24 horas, sem manilhas embaixo do asfalto!

Há quem o critique por que o senhor não renunciou ao cargo. O que tem a dizer? 

Weslei Pereira - Renunciar ao cargo seria faltar com o respeito com todas as pessoas que votaram em mim, além de descumprir moralmente com o juramento que prestei na solenidade de posse na Câmara Municipal de Itaguaí. Seria me acovardar, descumprir meu compromisso com a cidade.

Recentemente um vereador usou a tribuna da Câmara para dizer que ninguém vota no vice, somente no prefeito, como o senhor explica isso? 

Weslei Pereira - Isso também é outra informação errônea, sem embasamento. Veja bem, como candidato a vice-prefeito, tive meu próprio CNPJ, minha própria prestação de contas. Minha imagem foi vinculada em todos os materiais de campanha, além das obrigações pertinentes... Na época era impossível dissociar a imagem uma da outra. Basta lembrar que minha foto estava estampada em todas as urnas eleitorais no dia da eleição. Apenas como registro, sem desmerecer a equipe e as ações de campanha, no dia 01/07/2012, quando a nossa aliança veio a público, o prefeito atual não passava de 4,5% nas intenções de voto.

Algumas pessoas alegam que o cargo de vice-prefeito pertence à legenda e que após a sua desfiliação do PT o partido deveria reivindicar o cargo. Isso confere? 

Weslei Pereira - A pergunta é pertinente porque possibilita maiores esclarecimentos. O cargo de Vice-Prefeito não pertence ao Partido em nenhuma hipótese! Motivo pelo qual existe Brasil afora Prefeitos, Vices e até Governadores sem partido. A Lei da Fidelidade Partidária aplica-se aos detentores de cargos eleitos pelo Sistema Eleitoral Proporcional (Deputados e Vereadores), onde dá-se importância ao número de votos válidos ao partido político ou coligação, pois ao votar na legenda, faz-se a escolha por partido. Fui eleito pelo Sistema Eleitoral Majoritário Simples, que é o sistema adotado para as eleições para Senador e Prefeitos/Vices de Municípios com menos de 200 mil habitantes, segundo o artigo 29, parágrafo II, da Constituição Federal de 1988. Nesse caso, ao contrário do Sistema proporcional, dá-se importância aos candidatos e não ao partido político pelo qual é registrado. Trocando em miúdos, fui eleito pelo voto direto.

Qual a principal função do vice-prefeito? 

Weslei Pereira - A Lei é bem clara nesse sentido. A principal função do Vice-Prefeito é estar apto para substituir o Prefeito em qualquer tipo de ausência. A Lei também ressalta a importância do Vice-Prefeito exercer função administrativa dentro da gestão municipal, mas não é obrigatório.

A propósito das eleições 2014, o senhor não declarou apoio a nenhum candidato a governador... 

Weslei Pereira - É verdade, ainda não declarei porque, como já falei em outra entrevista, ainda não ficou claro para mim qual a proposta que os candidatos têm para Itaguaí... Nenhum apresentou claramente um projeto para nossa cidade. Mas acredito que em breve eles farão isso.

Não teme represálias? 

Weslei Pereira - Escolhi não temer, além do mais não há motivos para isso. Estou me posicionando, não estou agredindo. Tudo o que disse aqui é verdade, sem fazer juízo de valor de ninguém. Hoje em dia não pode haver mais espaço na política para temermos represálias, principalmente em Itaguaí, sejam elas quais forem, estou apenas exercendo minha cidadania.

O senhor será candidato a prefeito em 2016? 

Weslei Pereira - Essa é a pergunta que mais escuto. Sempre sonhei em ser mais útil à cidade onde fui criado e vou criar meus filhos, mas aprendi a duras penas que principalmente na política, tudo tem seu tempo, seu momento, o importante é ter bom senso e aguardar os acontecimentos, sou o Vice-Prefeito até dezembro de 2016 e esse é o meu foco, a minha responsabilidade.

http://jornalatual.com.br/portal/2014/08/22/sou-o-vice-prefeito-ate-dezembro-de-2016-essa-e-a-minha-responsabilidade/

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Itaguaí 7254934555344544289

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item