Tecnologia protegia quadrilha que atuava na Prefeitura de Itaguaí - Haviam 13 pastas secretas que representavam 13 vereadores que recebiam entre 80 e 100 mil reais por mês cada um com nomeações de fantasmas (O DIA)

Bando usava sistema que apagava fraudes do computador

Christina Nascimento e Luarlindo Ernesto - O DIA
Rio - A lista com nomes de funcionários fantasmas da Prefeitura de Itaguaí ficava num computador que tinha um programa que deletava em segundos o arquivo. A estratégia era para apagar no menor espaço de tempo qualquer pista de irregularidade, caso a polícia entrasse de surpresa na sede do município, como aconteceu na quinta-feira, durante a Operação Gafanhoto, da Polícia Federal (PF).

Para não ficar sem as informações, a quadrilha, que contava com o aval do prefeito Luciano Mota (PSDB) e é suspeita de desvio de verba pública, tinha em 13 pastas a cópia, feita manualmente, de toda lista. Foi uma funcionária do Centro de Processamento de Dados, da Secretaria Municipal de Administração, que entregou as pastas para a PF. Em cada uma delas, havia a inicial de um nome, que seria de vereadores que apoiam a gestão de Mota. O material ficava numa sala de acesso restrito e monitorada. “Cada pasta tem a ver com um vereador. Ela disse que nunca viu nenhuma daquelas pessoas (da lista), especialmente no prédio da prefeitura”, explicou o delegado Hylton Coelho.

Uma das suspeitas é que os parlamentares envolvidos tinham uma ‘mesada’ entre R$ 80 mil e R$ 100 mil com as contratações fantasmas. O dinheiro seria resultado da parte do salário que cada um deles ficava do ‘funcionário’ contratado. A Polícia Federal acredita que o rombo nas contas de Itaguaí, com o esquema de pagamentos indevidos, pode chegar a R$ 1, 5 milhão por mês. 

LEIA MAIS EM: http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-12-19/tecnologia-protegia-quadrilha-que-atuava-na-prefeitura-de-itaguai.html

Comentários

  1. Como pode tanta falta de temor á Deus.Somente isto está faltando aos políticos do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. O CEMES está com ordem de despejo por falta de pagamento de aluguel!

    ResponderExcluir
  3. O povo de Itaguaí merece respeito.

    ResponderExcluir

Postar um comentário