A violência que assola Itaguaí não é obra do acaso - por Aramis Brito

O ex-prefeito que governou a cidade antes desse governo atual ignorou solenemente os bairros do município, não houve nenhuma ação social e...

O ex-prefeito que governou a cidade antes desse governo atual ignorou solenemente os bairros do município, não houve nenhuma ação social efetiva que incluísse os moradores dos bairros periféricos. Esse abandono levou Itaguaí a ser a segunda cidade mais violenta do estado e a décima quinta mais violenta do país, foi uma lástima a administração pública nessa questão. Com o novo governo os moradores acharam que poderia ser melhor, ledo engano, a violência continua, os assassinatos expõe a melancólica realidade de um município que perde muitos jovens para o banditismo. Aqui vemos muitas semelhanças entre os dois governos, para eles a população é apenas um detalhe que serve apenas para votar, que serve apenas para mantê-los no poder. Hoje os bairros estão dominados pelo poder paralelo e esse poder recruta os nossos jovens para fazer parte do seu nefasto exército e os jovens aceitam o recrutamento motivados com o dinheiro que ganharão no submundo do crime. A falta do poder público nos bairros trabalhando com jovens e adolescentes, dando a eles condições de descobrirem  as suas vocações através do esporte, da cultura, dos cursos profissionalizantes, facilita muito as suas entradas no crime. Os bairros estão loteados, dominados, eles possuem os seus donos, em muitos lugares precisa pedir permissão para entrar, em outros depois de uma certa hora não entra. Essa semana fiquei sabendo que existe o loteamento político, fiquei sabendo do absurdo que é isso, um morador antigo da cidade me disse que quais são os vereadores que "mandam" em alguns bairros, é a mesma lógica do poder paralelo, é o estabelecimento do terror aliado ao mais vil assistencialismo, é a tática do domínio territorial, uma vergonha. Tudo isso acontece em Itaguaí por causa de escolhas erradas, da ausência das pessoas de bem na vida pública, das migalhas que muitos insistem em pegar "das mesas dos seus senhores", da falta de um projeto sério, ético e transparente que contemple a população, do abandono e desrespeito com o munícipe, da ganância, do cinismo, dos mandatos teatrais, da mídia chapa branca, da vaidade e da desonestidade na gestão. Itaguaí hoje é o retrato dos seus agentes públicos, mudar esse sistema corrupto necessita de muita determinação, necessita de muito conhecimento sobre a cidade, necessita de uma histórica união de forças daqueles que acreditam numa virada, necessita de pessoas íntegras e capazes para gerir o bem público com excelência. Essa é a hora da mudança, chegamos ao fundo do poço.

Por Aramis Brito - Colunista do Blog Política de Itaguaí

Notícias Relacionadas

Reclamações 4885537217164658314

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item