Fim das coligações nas eleições proporcionais (para vereador e deputado) passa no Senado e segue para Câmara de Deputados - VEJA COMO FICARÁ A SITUAÇÃO PARA SE ELEGER VEREADORES EM ITAGUAÍ EM NÚMEROS - A mudança terá que ser feita pelo voto - NÃO SEJA ESCADA PARA REELEGER UM VEREADOR QUE DEFENDE O GOVERNO

Agência Senado O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24), em segundo turno, o fim das coligações partidárias nas eleições...

Agência Senado

O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (24), em segundo turno, o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 40/2011, do ex-senador José Sarney (PMDB-AP), havia sido aprovada em primeiro turno há duas semanas e faz parte de um grupo de matérias relacionadas à reforma política selecionadas pelo presidente do Senado, Renan Calheiros, e pelos líderes partidários.

Foram 62 votos a favor e apenas três contrários, além de uma abstenção. Para uma PEC ser aprovada, é preciso o apoio de três quintos dos senadores, ou seja, no mínimo 49 votos. A matéria agora segue para análise da Câmara dos Deputados. Pela proposta, somente serão admitidas coligações nas eleições majoritárias – para senador, prefeito, governador e presidente da República. Fica assim proibida a coligação nas eleições proporcionais, em que são eleitos os vereadores e os deputados estaduais, distritais e federais.

ITAGUAÍ

Em Itaguaí, vai ficar mais fácil para os vereadores de mandato se reelegerem pelos partidos que estão filiados. Quem não quiser servir de escada para eleger um dos atuais vereadores, precisará entrar em um partido que não tenha vereador de mandato: PSDB, PSC, PCdoB, PPS, PTB, PSB, PTC, PRTB, PHS, PTN, PSL, PSOL, PR, PPL, PEN, PROS, PMDB ou um dos novos que podem conseguir a criação para concorrer nas próximas eleições.

Em votos, ficará mais ou menos assim, para cada partido conseguir eleger um vereador, na sua nominata:

- 17 cadeiras na Câmara: 4500 votos para eleger um vereador na soma de votos do partido. A cada 4500 votos somados de todos os candidatos do partido, 1 vereador é eleito pelo partido (o mais votado). Cada partido terá no máximo 25 candidatos.

- 19 cadeiras na Câmara (pode ser, se Itaguaí alcançar 120 mil habitantes em 2015): 4000 votos para eleger um vereador na soma de votos do partido. A cada 4500 votos somados de todos os candidatos do partido, 1 vereador é eleito pelo partido (o mais votado). Cada partido terá no máximo 28 candidatos.

OBS: Aproximadamente 87 mil eleitores em Itaguaí.
OBS 2: Média de 12% de votos não válidos.

Notícias Relacionadas

Vereadores 1405958200126667381

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item