O GLOBO - Computadores e aparelhos de ar-condicionado somem de hospital de Itaguaí e do gabinete do Prefeito após afastamento do prefeito Luciano Mota - Weslei Pereira afirmou ainda que irá contratar uma empresa de auditoria privada para tentar dimensionar o tamanho do rombo no cofre da prefeitura

Atual gestor da cidade pediu revisão do patrimônio municipal O GLOBO - por Sérgio Ramalho 01/04/2015 15:34 / Atualizado 01/04/2015 16:...

Atual gestor da cidade pediu revisão do patrimônio municipal

O GLOBO - por

RIO - Nem mesmo a televisão que ficava no gabinete de Luciano Mota (PSDB), afastado por decisão judicial da prefeitura de Itaguaí, sobrou para contar a história. Menos de 24 horas após o anúncio do afastamento do político, acusado de desvio de verbas públicas, aparelhos de TV, computadores e até ar-condiconado desapareceram do Hospital Municipal São Francisco Xavier. A denúncia foi feita por Weslei Pereira (PT), que assumiu a prefeitura. Ex-vice na chapa de Luciano Motta, Pereira afirmou que já solicitou uma revisão do patrimônio do município.
Weslei Pereira assumiu a prefeitura de Itaguaí após o afastamento de Luciano Motta por decisão judicial. Ele conta que até mesmo a televisão sumiu do gabinete dele - Fábio Rossi / Agência O Globo

O novo prefeito de Itaguaí também já solicitou ao Tribunal de Contas do Estado uma vistoria extraordinária nas contas da cidade. Weslei Pereira afirmou ainda que irá contratar uma empresa de auditoria privada para tentar dimensionar o tamanho do rombo no cofre da prefeitura.

- Tomamos posse durante uma situação grave. Parte do funcionalismo está em greve há dois meses. Eu preciso dimensionar o problema para tentar saná-lo - explica.

O atual prefeito já exonerou dez secretários ligados ao ex-prefeito, entre eles a secretaria de Saúde, que era fotógrafa. Ela é irmã de Amaro Ferreira Gagliardi, assessor de assuntos extraordinários e um dos indiciados na investigação que afastou o prefeito na terça-feira, junto com o então secretário de Transporte e Trânsito Alex Lucena Barboza. Também foi afastado o secretário de Turismo Ricardo Luiz Rosa Soares e os policiais militares Márcio Soares de Oliveira e Silvio Siqueira Silva.

A decisão de afastar o prefeito foi tomada pelo desembargador federal Paulo Espirito Santo, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região, a partir de uma medida cautelar impetrada pela Polícia Federal (PF). A PF deflagrou uma operação no município, que fica na Região Metropolitana do Rio, para apurar irregularidades em licitações e desvio de verbas públicas. O objetivo do afastamento do prefeito é garantir o andamento das investigações e impedir mais prejuízos aos cofres públicos.

Notícias Relacionadas

Prefeitura de Itaguaí 5916814644147435002

Postar um comentário

  1. espero que o atual prefeito possa ter a oportunidade de fazer,em pouco tempo que resta de mandato,algo que possa da oportunidade,a ale concorrer,a próxima eleição;precisamos de um prefeito que seja comprometido com nossa cidade,que ame essa cidade,que importe-se com o crescimento da mesma,sua organização,seu bem estar,com com isso beneficie nossa população,em todos os sentidos,como saúde,educação,segurança,esse é o pilar de sustentação,para qualquer governo.espero que que o atual prefeito tenha uma ambição politica,isso o ajudara,a buscar uma boa administração,e impor respeito a camará dos vereadores que perdeu o respeito a muito tempo, e não sabem qual sua função mediante ao eleitor,e o eleitor possa saber qual seu poder sobre qualquer governo.acho que temos uma pessoa certa para governa,vai depender de muitas coisas;mais o posicionamento é o fator primordial,espero que nossa cidade possa tomar um novo rumo,com essa experiencia politica que ela viveu,e vai ficar na sua história.

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item