Charlinho toma posse domingo dia 01 de janeiro as 17h na Câmara de Itaguaí reduzindo número de secretários e fechando o atendimento na prefeitura por 30 dias para organizar a administração pois o Weslei não fez transição de governo

Charlinho toma posse domingo reduzindo número de secretários

Cerimônia será na Câmara Municipal de Itaguaí, às 17h, quando ele anunciará  medidas de recuperação administrativa

O prefeito eleito de Itaguaí, Carlo Busatto Júnior, o Charlinho (PMDB), tomará posse neste domingo (01/01), às 17h, na Câmara Municipal. O vice-prefeito, Abelardinho Goulart (PMDB), e os 17 vereadores também serão empossados na mesma cerimônia. Na ocasião, serão anunciadas as primeiras medidas de gestão para recuperação das finanças da cidade, entre as quais a redução do número de secretários de 20 para 15.

Charlinho assumirá a Prefeitura de Itaguaí em meio a um caos: servidores com salários atrasados desde novembro e sem décimo terceiro; queda na arrecadação; lixo espalhado pela cidade; hospital municipal e postos de saúde sem insumos e médicos, UPA fechada; movimentos de greve do funcionalismo público; além da ocupação da sede da Prefeitura desde 22 de dezembro por servidores revoltados com o atraso no pagamento de seus vencimentos.

Soma-se a isso a falta de uma transição de governo para que a equipe do prefeito eleito tomasse conhecimento da real situação da administração municipal.

Diante desse quadro, Charlinho anunciará as primeiras medidas, entre elas a suspensão, por 30 dias, do atendimento ao público pela Prefeitura, exceto serviços essenciais de posto de saúde, hospital e abrigos. Esse é o prazo considerado necessário para os novos secretários organizarem a estrutura administrativa.

Será realizado ainda um recadastramento de todo o funcionalismo municipal; a devolução dos servidores cedidos à Prefeitura e convocação dos funcionários municipais cedidos a outros órgãos; e realizado o levantamento patrimonial público.

Eleito com 27.913 votos (40,18% dos votos válidos) pela coligação “Por uma Itaguaí Melhor” (PMDB / DEM / PT / PTdoB / PMN / PCdoB / PP / PSD / PTB), Charlinho voltará a comandar pela terceira vez o município, do qual já foi prefeito entre 2005 e 2012.  Ao todo, ele chega ao seu quinto mandato de prefeito, pois já administrou a vizinha Mangaratiba entre 1997 e 2004.

Comentários

  1. Inútil julgar pelo pleito porém foi eleito pelo povo. Mais julgar pelo caráter ser indigno de um gestor. Onde as leis não são cumpridas. Que se faça a gestão do Charles de Deus. Digo o povo merece o governo quer tem...

    ResponderExcluir
  2. E sobre ele ter sido condenado a mais de 16 anos por envolvimento na máfia dos sanguessugas, esta parte pula.

    ResponderExcluir

Postar um comentário