CRISE FINANCEIRA NO GOVERNO DO ESTADO DO RJ - Para 2018 faltará 10 bilhões e serviços oferecidos ao povo continuarão ruins

A Assembleia já começa a semana às voltas com novos projetos enviados pelo governo do estado — e todos relacionados às finanças. A ...

A Assembleia já começa a semana às voltas com novos projetos enviados pelo governo do estado — e todos relacionados às finanças.
A mais importante das três mensagens publicadas no Diário Oficial desta segunda-feira (2) é a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2018, com a projeção de receitas e despesas para o ano que vem.
E o copo pode estar meio cheio ou vazio, de acordo com com o observador.

O governo de Luiz Fernando Pezão prevê receitas de cerca de R$ 62,5 bilhões, e gastos de R$ 72,5 bilhões.
Ou seja, mais um ano de déficit fiscal.

A "boa notícia" (?) é que a previsão é um pouco melhor do que a feita no ano passado para 2017, quando a Assembleia aprovou um rombo de R$ 17 bilhões.
Só que o horizonte para os aposentados e pensionistas do estado continua sujeito a raios e trovoadas: de todas as despesas, pouco menos da metade (R$ 30,6 bilhões) são destinadas à Seguridade Social.
Precatórios
O governo também enviou uma nova versão do projeto para recuperar precatórios não recolhidos pelos credores — aquele devolvido pela Assembleia por conter vários erros.
A turma do Palácio Tiradentes também vai votar em breve a revisão do Plano Plurianual 2016-2019, que "reflete, em parte as medidas para enfrentamento da crise fiscal e econômica em curso".

https://m.extra.globo.com/noticias/extra-extra/governo-do-rio-preve-rombo-de-10-bilhoes-no-orcamento-de-2018-21897553.html

Notícias Relacionadas

Notícias 8947360103013129729

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item