PSDB de Itaguaí com problemas na Câmara de Vereadores - Juninho Assis assumiu o mandato de vereador estando em cargo comissionado no IPEM (órgão do Governo do Estado cujo Presidente é Alexandre Valle) e isso caracteriza IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

No atual mandato na Câmara de Vereadores de Itaguaí, já aconteceram alguns casos onde os vereadores titulares se afastaram para os suplent...

No atual mandato na Câmara de Vereadores de Itaguaí, já aconteceram alguns casos onde os vereadores titulares se afastaram para os suplentes assumirem. Só que os suplentes só assumem o pseudo mandato de algumas horas, para votarem na abertura de alguma CPI ou Comissão Especial Processante e não para fazer algo produtivo e bom para a cidade. Só para atender a interesses políticos.

Já foi dito sobre a possível irregularidade na posse do suplente Ronei. Agora tem mais um caso que compromete a votação da última CEP. O suplente Juninho Assis, está nomeado no órgão do Governo do Estado, IPEM, que por sinal é dirigido pelo ex-deputado federal Alexandre Valle.



O caso já foi encaminhado aos órgãos competentes!

Veja o que foi dito num caso parecido:
"A função de vereador tem similitude com as de deputado e senador, concluindo-se que se a acumulação dos cargos eletivos com outros em comissão prejudica a fiscalização dos atos do Legislativo Federal e Estadual, da mesma forma interfere de modo prejudicial no âmbito do Legislativo Municipal", explicou o relator do processo, desembargador Rui Fortes, ao confirmar o ato de improbidade administrativa."

https://jurisway.jusbrasil.com.br/noticias/1989423/vereadores-nao-podem-acumular-cargos-em-comissao-no-poder-executivo

Notícias Relacionadas

Notícias 8457671560569012608

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item