OS TRAPALHÕES DE ITAGUAÍ - Vereadores da oposição ao povo de Itaguaí negam mais uma vez a recriação de cargos para O CONCURSO DA SAÚDE fazendo chacota com o cargo de ARTESÃO para a Saúde - Só que o cargo existe e faz falta no atendimento para os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS)

Na sessão da Câmara de Vereadores do dia 13 de fevereiro de 2020, os vereadores mais uma vez votaram contra a RECRIAÇÃO DE ALGUNS CARGOS ...


Na sessão da Câmara de Vereadores do dia 13 de fevereiro de 2020, os vereadores mais uma vez votaram contra a RECRIAÇÃO DE ALGUNS CARGOS que deveriam constar na lista de cargos para o concurso da saúde. Não satisfeitos em atrapalhar o CONCURSO para a SAÚDE, o líder da oposição à Itaguaí, vereador André Amorim, publicou em sua página do FACEBOOK, um texto criticando o material enviado pelo governo e fez chacota com a questão de haver o cargo de ARTESÃO na lista. O vereador deu mais uma demonstração de desconhecimento sobre gestão pública.

Vamos a informação:

O cargo de ARTESÃO é previsto na PORTARIA Nº 336, DE 19 DE FEVEREIRO DE 2002, que estabelece que os Centros de Atenção Psicossocial poderão constituir-se nas seguintes modalidades de serviços: CAPS I, CAPS II e CAPS III, definidos por ordem crescente de porte/complexidade e abrangência populacional.

No item 4.1.2 diz:
- Recursos Humanos: A equipe técnica mínima para atuação no CAPS I, para o atendimento de 20 (vinte) pacientes por turno, tendo como limite máximo 30 (trinta) pacientes/dia, em regime de atendimento intensivo, será composta por:
a - 01 (um) médico com formação em saúde mental;
b - 01 (um) enfermeiro;
c - 03 (três) profissionais de nível superior entre as seguintes categorias profissionais: psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, pedagogo ou outro profissional necessário ao projeto terapêutico.
d - 04 (quatro) profissionais de nível médio: técnico e/ou auxiliar de enfermagem, técnico administrativo, técnico educacional e artesão

Mais uma vez a recriação desses cargos prejudica a realização do concurso para a saúde e desrespeita o TAC assinado entre a Prefeitura e o Ministério Público. Se não acontecer o concurso para a saúde, já sabemos os motivos.


Notícias Relacionadas

Notícias 6729180037716105975

Postar um comentário

emo-but-icon

Curta nossa Página

Semana

Recentes

Comentários

Visualizações do Blog

Twitter

Anuncie Aqui

Anuncie Aqui
item